Um homem investigado por torturar e lesionar a esposa, em Rondonópolis, foi preso pela Polícia Civil, durante ação da Delegacia Especializada de Defesa da Mulher (DEDM) do município, realizada nesta segunda-feira (04).

O suspeito de 35 anos estava com o mandado de prisão preventiva, decretado pelo juízo da Vara Especializada de Violência Doméstica da Comarca local, pelo crime de tortura praticada no âmbito da Lei Maria da Penha.

Conforme apurado nas investigações da DEDM, no ano de 2021, a vítima, o suspeito e a filha participavam de uma confraternização quando o agressor ficou alterado, e bateu no rosto da mulher.

Ao retornarem para a casa, o homem parou o veículo em uma estrada sem movimento e tornou a agredir a vítima e sua filha, com socos e chutes por mais de três horas. Na ocasião o agressor ainda enforcou a vítima e a obrigou a manter relação sexual.

Diante da ordem judicial expedida os policiais civis conseguiram localizar o suspeito em um bar, no bairro Dom Ozório. Em seguida ele foi conduzido até a 1ª Delegacia de Rondonópolis, sendo posteriormente colocado à disposição da Justiça.

Via | Assessoria   Foto | Arquivo

(Visited 1 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta