A Prefeitura de Rondonópolis aguarda o governo do Estado se pronunciar a respeito da  assinatura do convênio para realizar as tão aguardadas obras de recuperação total das vias do Distrito Industrial Rondonópolis (conhecido como distrito antigo).

O orçamento total do projeto elaborado pelo município é da ordem de R$ 70 milhões. A Prefeitura já garantiu fazer  aporte de recurso para contrapartida das obras, o restante deverá ser dividido entre o governo do Estado e o governo federal, por meio de emenda parlamentar.

O projeto técnico executivo das obras previstas para o “distrito antigo” apresentado pelo município foi aprovado pela Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística em março deste ano. Mas, até o momento, o governo do Estado ainda não anunciou sobre a formalização de convênio com o município para realização das obras que irão resolver definitivamente os problemas de infraestrutura do local.

“Estamos aguardando ansiosamente o governo do Estado assinar este convênio. O projeto técnico executivo já foi aprovado e contempla obras de drenagem que hoje não existe e a recuperação total das vias do distrito antigo, incluindo pavimentação”, disse o secretário municipal de Infraestrutura, Vinicius Amoroso.

“O governador esteve aqui no início do mês para lançar obras, mas não falou sobre este convênio que é tão aguardado. Esperamos que assine logo este convênio para que se licite e inicie o mais breve possível as obras de melhoria da infraestrutura do distrito, que é muito importante para o desenvolvimento de Rondonópolis, mas também para Estado e o País, com a geração de empregos, renda e divisas”, ressaltou Vinicius.

Disse ainda que a Prefeitura, mesmo sendo esta uma responsabilidade do Estado,   irá realizar investimento em obras de melhoria de infraestrutura no distrito conforme a disponibilidade de recursos que tem. “Como não dispomos de todos recursos necessário para realização das obras de recuperação total do distrito, iremos fazer investimentos parciais”.

Via | Valdeque Matos   Foto | Felipe Godoi
(Visited 1 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta