A Polícia Federal apreendeu, nessa quarta-feira (22), 15 caminhões carregados de madeira ilegal na terra indígena, Aripuanã, a 976 km de Cuiabá. Além dos veículos também foram apreendidos três tratores e três motocicletas.

De acordo com a Polícia Federal, a equipe fez um mapeamento de uma extensa área de desmatamento, com estradas que vão do garimpo na terra indígena Aripuanã até o estado de Rondônia.

Além da madeira ilegal, foram apreendidos três motocicletas e três tratores — Foto: Polícia Federal

Além da madeira ilegal, foram apreendidos três motocicletas e três tratores — Foto: Polícia Federal

As investigações indicam que todos os dias saem dessas áreas de desmatamento pelo menos 10 caminhões carregados de toras de alto valor.

Não houve prisões de madeireiros.

A ação tem parceria com o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais (Ibama) e faz parte da Operação Onipresente.

Conforme as investigações, estima-se que 10 caminhões saiam da terra indígena com madeira ilegal todos os dias — Foto: Polícia Federal

Conforme as investigações, estima-se que 10 caminhões saiam da terra indígena com madeira ilegal todos os dias — Foto: Polícia Federal

Nas abordagens, neste mês, foram identificados e apreendidos o garimpo no Rio Roosevelt, onde foram inutilizadas seis balsas, um caminhão e três motocicletas.

Este ano, já foi realizada uma ação na mesma localidade que havia desmantelado o mesmo garimpo.

Via | G1  Foto | Policia Federal
(Visited 1 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta