O presidente da Aprosoja Brasil, Antonio Galvan (PTB), é o primeiro pré-candidato ao Senado Federal a abrir mão do Fundo Eleitoral e lançar uma vaquinha virtual para arrecadação de fundos para campanha eleitoral. A vaquinha do pré-candidato foi lançada oficialmente nesta segunda-feira (30) e já está apta a receber doações para o pleito deste ano. “Acreditamos em uma forma diferente de fazer política, por isso abrimos mão do fundo eleitoral e lançamos a campanha colaborativa por meio da vaquinha virtual”, afirma Galvan.

A vaquinha virtual é uma modalidade de arrecadação financeira para campanha eleitoral que está regulamentada por uma resolução do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e foi incorporada à legislação eleitoral em 2017. Essa é a terceira eleição que a modalidade de captação de recursos poderá ser usada pelos candidatos. Os recursos doados no período de pré-campanha só poderão ser usados pelo candidato após as convenções partidárias.

Ao assumir o desafio de colocar seu nome para a disputa majoritária, Galvan destaca que a indignação foi o principal motivo que o levou a aceitar o convite do PTB para ser pré-candidato ao Senado da República. “Entrei na política para fazer a diferença e lutar por um país mais justo, que respeite a liberdade e a nossa Constituição. Nossa intenção é seguir na linha do nosso presidente Jair Messias Bolsonaro, trabalhando pelo desenvolvimento social e econômico do Brasil priorizando Deus, pátria, família e liberdade. Por tudo isso, abrir mão do fundo seria um caminho natural”, disse o petebista. Ele acrescenta ainda, que a democracia está relacionada com a prática da liberdade e da igualdade para se construir um país sem corrupção e mais justo. “Partindo dessa premissa, acredito que uma campanha política se faz com ideias e com o compromisso ético de trabalhar em prol da coletividade. Abrir mão do fundo eleitoral faz parte dessa nova forma de se fazer política”.

Mesmo sendo produtor rural, Galvan afirma que sua pré-campanha e campanha serão feitas de forma consciente, respeitando a legislação eleitoral e principalmente buscando formar uma corrente de apoio em torno de um projeto político que foque nos interesses do estado, da população e não em um grupo ou segmento específico. “Respeito as opiniões contrárias, mas meu objetivo é buscar outros meios para financiar minha candidatura. A vaquinha virtual é um deles”, comenta o pré-candidato a senador.

Bolsonarista raiz, Galvan é um dos líderes do movimento Brasil Verde e Amarelo e um crítico ferrenho ao oportunismo de políticos que não defendem o governo Bolsonaro e as bandeiras conservadoras, mas que no período eleitoral se aproximam do presidente da República para tirar proveito eleitoral. “Felizmente as pessoas conseguem identificar os oportunistas. Essa consciência eleitoral vai oportunizar ao país, a partir de fevereiro de 2023, um Congresso Nacional, especialmente o Senado, mais comprometido com o povo brasileiro e com coragem para enfrentar os verdadeiros inimigos do nosso país”, frisa o pré-candidato.

Internet

A vaquinha virtual funciona por meio da internet e de aplicativos eletrônicos controlados por empresas especializadas na oferta desse tipo de serviço, desde que devidamente credenciadas pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Não existe limite de valor a ser recebido pela modalidade de financiamento coletivo. A doação é segura e pode ser feita pelo site do pré-candidato: www.antoniogalvan.com.br.

Via | Assessoria

(Visited 1 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta