Cerimônia de posse será realizada nessa quinta-feira (19), durante Seminário sobre Implementação de Infraestrutura da Qualidade, em Foz do Iguaçu

O presidente da Associação Brasileira de Normas Técnicas – ABNT, Mario William Esper, tomará posse nessa quinta-feira (19), às 19h, no Conselho Deliberativo da Associação Mercosul de Normalização (AMN), com mandato de dois anos (2022-2024). O diretor-geral da ABNT, Ricardo Fragoso, será reeleito presidente-executivo da entidade.

A cerimônia será realizada no auditório do Centro Universitário Dinâmica das Cataratas — UDC, durante Seminário sobre Implementação de Infraestrutura da Qualidade, em Foz do Iguaçu. Na ocasião estarão presentes dirigentes de todas os organismos nacionais de normalização dos países-membros: Argentina, Brasil, Uruguai, Paraguai, Chile e Bolívia, que integram a AMN.

Durante o evento serão apresentadas as principais iniciativas adotadas por esses países e pela UDC, que é a primeira instituição de ensino superior brasileira a ter uma disciplina sobre Infraestrutura da Qualidade.

Infraestrutura da qualidade

O Brasil será representado no evento pela ABNT, Associação Brasileira de Avaliação da Conformidade (Abrac), Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro) e Parque Tecnológico Itaipu (PTI-BR). As entidades integram o primeiro Laboratório de Infraestrutura da Qualidade (LIQ) do PTI-BR, com foco no desenvolvimento de cidades inteligentes.

“Durante o seminário vamos apresentar a solução que trará mais confiança às tecnologias desenvolvidas na Vila A, bairro inteligente de Foz do Iguaçu, com ações que visam melhoria da qualidade de vida dos cidadãos nas áreas de segurança pública, mobilidade urbana, ambiental e integração social. A ABNT contribui de forma efetiva com o tema, com um rico arcabouço normativo para auxiliar as cidades a orientar e avaliar o desempenho da gestão de seus serviços urbanos, bem como seu respectivo impacto na qualidade de vida das pessoas”, afirma Mario William Esper, presidente da ABNT.

Segundo o presidente, as organizações parceiras estão desenvolvendo ações voltadas a infraestrutura da qualidade e cidades inteligentes, já com foco em participação no comitê ISO/TC 268, responsável pelas normas internacionais sobre cidades e comunidades sustentáveis.

O Laboratório de Infraestrutura da Qualidade (IQ), conta com o suporte da ABNT, do Inmetro e da Abrac de acordo com suas áreas de atuação, ou seja, Normalização, Metrologia, Regulamentação e Avaliação da Conformidade. O projeto estabelece que as instituições mantenham especialistas para auxiliar nas questões técnicas das empresas selecionadas pelo PTI.

Na sexta-feira (20), todos os representantes do Mercosul irão visitar as instalações do Parque Tecnológico Itaipu (PTI-BR), para conhecer o Laboratório de Infraestrutura da Qualidade (LIQ).

Lançamento de normas educacionais

Durante o Seminário sobre Implementação de Infraestrutura da Qualidade haverá ainda o anúncio de novas normas técnicas voltadas ao segmento educacional: ABNT NBR ISO 29991 – Serviços de aprendizado de línguas — Requisitos, ABNT NBR ISO 29992 – Avaliação dos resultados dos serviços de aprendizagem — Orientação e ABNT NBR ISO 29993 – Serviços de aprendizagem fora da educação formal — Requisitos de serviço.

Sobre a AMN

A AMN é o único organismo responsável pela gestão da normalização voluntária no âmbito do Mercosul. Seu objetivo é a promoção e desenvolvimento da normalização e atividades relacionadas, tais como a qualidade dos produtos e serviços nos países membros do Mercosul, com especial ênfase no desenvolvimento industrial, ciência e tecnologia para o benefício do comércio e da integração econômica, e o intercâmbio de bens e serviços, por sua vez, facilitar a cooperação nos domínios técnico, científico, econômico e social.

Sobre a ABNT

A ABNT é o único Foro Nacional de Normalização, por reconhecimento da sociedade brasileira desde a sua fundação, em 28 de setembro de 1940, e confirmado pelo Governo Federal por meio de diversos instrumentos legais. É responsável pela elaboração das Normas Brasileiras (NBR), destinadas aos mais diversos setores. A ABNT participa da normalização regional na Associação Mercosul de Normalização (AMN) e na Comissão Pan-Americana de Normas Técnicas (Copant) e da normalização internacional na International Organization for Standardization (ISO) e na International Electrotechnical Commission (IEC). Desde 1950, atua também na área de certificação, atendendo grandes e pequenas empresas, nacionais e estrangeiras. Possui atualmente mais de 400 programas de certificação, destinados a produtos, sistemas e verificação de gases de efeito estufa, entre outros. A sociedade identifica na Marca de Conformidade ABNT a garantia de que está adquirindo produtos e serviços em conformidade, atendendo aos mais rigorosos critérios de qualidade. A ABNT Certificadora tem atuação marcante nas Américas, Europa e Ásia, realizando auditorias em mais de 30 países.

Via | Assessoria ABNT
(Visited 1 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta