Um homem de 24 anos é o principal suspeito de ter matado a mulher dele, Ângela Rocha Pereira, de 23 anos. O corpo da jovem foi encontrado por um catador de recicláveis, nesse domingo (24), no lixão de Colniza. De acordo com a Polícia Civil, ele fugiu levando a filha do casal de um ano.

Segundo as investigações, Ângela apresentava cortes por arma cortante e sinais de queimaduras. No total, foram 14 ferimentos e o corpo foi parcialmente queimado, segundo a polícia.

O homem teve a prisão preventiva decretada pelo juízo da Comarca de Colniza, após um pedido do delegado Bruno França Ferreira, com parecer favorável do Ministério Público Estadual (MPE).

O suspeito de 24 anos segue foragido.

Ajuda às vítimas

Mulheres que estão passando por situação de violência doméstica podem contar com duas formas de buscar ajuda do Poder Público sem precisar sair de casa. Veja:

Medida Protetiva online – Pode ser solicitada pelo site. Clique em “Solicitar Medida Protetiva” e depois em “Iniciar Pedido de Medida Protetiva”.

SOS Mulher – Botão do Pânico – Aplicativo que deve ser instalado no celular e poderá ser utilizado para mulheres com medidas protetivas determinadas judicialmente e que morem em em Cuiabá, Várzea Grande, Cáceres e Rondonópolis, cidades com unidades do Ciosp instaladas.

Via | G1   Foto | Reprodução
(Visited 1 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta