Produtores rurais de Sinop, MT, e região, poderão ver de perto o funcionamento da Tecnologia IRRILUCE, que já conquistou resultados de mais de 50% de aumento de produção na lavoura. 

Entre as soluções tecnológicas para o homem do campo apresentadas no Norte Show edição 2022, em Sinop, MT, de 19 a 22 de abril, está presente a Tecnologia IRRILUCE: tecnologia de iluminação artificial para a lavoura.

O evento tem uma programação de palestras, oficinas, demonstração de produtos, leilões, novidades em maquinários e implementos agrícolas. Proporcionando aos visitantes informações técnicas e oportunidades comerciais em um mesmo local com foco na agricultura familiar, agricultura de precisão e pecuária. Para o CEO do Grupo Fienile, Gustavo Alexandre Grossi, a participação no Norte Show é uma grande oportunidade de mostrar para os produtores dos municípios da região sob a área de influência do evento, o trabalho que vem sendo realizado, trabalho este que já alcançou resultados positivos até agora em diferentes estados do Brasil com a utilização da tecnologia IRRILUCE: “Entre outros resultados importantes, registramos na última colheita de trigo, realizada em Jacuizinho, no Rio Grande do Sul, um aumento de 50% na produção que recebeu o pacote de tecnologias da suplementação luminosa, em comparação com o campo teste, que não recebeu a suplementação”, pontua.

Este slideshow necessita de JavaScript.

A Tecnologia IRRILUCE utiliza módulos led acoplados ao pivô de irrigação para suplementar luz e complementar o processo de fotossíntese das plantas durante a noite trazendo inúmeros benefícios, e o CEO explica que o funcionamento do trabalho não consiste apenas em luz, mas que depende de todo um aparato tecnológico desde o pivô à utilização da vazão d’água, e que é preciso realizar um trabalho de nutrição de solo, recuperação de estrutura de solo, manejo ligado a tecnologias que podem incluir ainda remineralizadores de solo, entre outras, para o projeto funcionar. Gustavo também enfatiza a importância das pesquisas durante o processo: “Nós sempre deixamos bem claro no momento em que chegamos até o agricultor que não é somente investir na Tecnologia IRRILUCE, ou adquirir o pivô de irrigação, ou mesmo adaptar o pivô de irrigação de água que ele já possui com a tecnologia de irrigação de luz, é preciso muito mais do que isso. É preciso estar disposto a contribuir com a pesquisa, receber pesquisadores na sua propriedade para avaliar o desenvolvimento do projeto pelo menos nos três primeiros anos”, pontua.

O diretor de Pesquisas do Grupo Fienile, Dr. Ernane Lemes, estará presente no evento prestando orientações e falando dos resultados obtidos até agora com a Tecnologia IRRILUCE no Brasil. “A Suplementação Luminosa é um coroamento de um trabalho em conjunto, que começa com uma consultoria com cada produtor para entender o que a área dele apresenta de possíveis fatores limitantes o que é possível melhorar em termos de manejo, estrutura do solo, química do solo, nutrição para a planta, e o próprio modo de lidar com a lavoura, para garantir que a planta tenha plenas condições de se desenvolver quando a tecnologia de suplementação luminosa for instalada, porque não adiantaria posicionar a luz se a planta não tiver condições de extrair nutrientes, extrair água para se desenvolver”, orienta.

A participação do Grupo Fienile no Norte Show em Sinop, MT, é muito importante para desmistificar qualquer percepção de que é só a luz quem trabalha, “Não podemos posicionar o projeto onde exista problemas no desenvolvimento da planta em qualquer área que seja. A importância de estarmos no evento é posicionarmos uma ideia correta do projeto e atender aqueles participantes, aqueles produtores que têm interesse na tecnologia, para fazer além da comercialização e venda do projeto, o posicionamento do projeto que vai além da luz, mas que coroa com a implementação da suplementação luminosa.” Complementa Dr. Ernane

O Grupo Fienile é de Minas Gerais e atua em vários estados do Brasil. A Tecnologia IRRILUCE – tecnologia de iluminação artificial para a lavoura – nasceu há 7 anos na fazenda do agricultor e CEO do Grupo Fienile, Gustavo Grossi. Ele havia percebido que uma parte da produção de soja crescia mais que todo o restante, mas ninguém soube explicar o porquê, até que, durante uma caminhada à noite pela fazenda, observou que a luz do poste da rodovia que margeava sua propriedade iluminava exatamente a parte que crescia mais. Desde então criou o Grupo Fienile que dedica-se ao estudo da luz com a Tecnologia IRRILUCE, Tecnologia única no mundo em iluminação outdoor, que hoje leva luz às lavouras mesmo depois que o sol já foi embora.

Via | Assessoria   Fotos | Divulgação

(Visited 1 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta