O Movimento ANTENE-SE, com o apoio da Federação das Indústrias no Estado de Mato Grosso (FIEMT), promove no dia 19 de abril um encontro híbrido para discutir os impactos e benefícios da nova geração de redes móveis (5G) para as cidades

No próximo dia 19 de abril, o Movimento ANTENE-SE, com apoio da Federação das Indústrias no Estado de Mato Grosso (FIEMT) e do Conselho Temático de Inovação e Tecnologia (COINTEC), realizará o evento híbrido A chegada do 5G e a necessidade da adequação das leis municipais”, para debater a importância da atualização das legislações municipais de antenas para a ampliação da conectividade no Estado e como isso contribui para o desenvolvimento econômico e social das cidades.
Entre os convidados, estão confirmadas as participações de Humberto Pontes, chefe da Assessoria Técnica da Anatel; Luciano Stutz, presidente da Abrintel e porta-voz do Movimento ANTENE-SE; Silvio Rangel, vice-presidente da FIEMT e presidente do Conselho Temático de Inovação e Tecnologia (COINTEC); o deputado estadual Wilson Santos e Neurilan Fraga, presidente da Associação Mato-grossense dos Municípios (AMM).

Segundo Stutz, os gestores municipais têm um papel fundamental para a chegada da nova geração de redes móveis e para a expansão da rede atual de 4G. “Tudo isso depende de um fator básico: as leis municipais de antenas precisam estar atualizadas e alinhadas às regras federais”, afirma.

O encontro começará às 15h30 (horário de Brasília). As inscrições para quem quiser acompanhar e interagir com os palestrantes devem ser feitas clicando aqui.

O evento também será transmitido para o público em geral pelo canal do YouTube da FIEMT.

Federação das Indústrias no Estado de Mato Grosso (Fiemt)

O Sistema Fiemt é composto pelas entidades: Serviço Social da Indústria (Sesi), Serviço de Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai), Federação das Indústrias no Estado de Mato Grosso (Fiemt) e Instituto Euvaldo Lodi. (IEL). Com sede em Cuiabá, possui unidades em cidades polos do estado.

O objetivo do Sistema Fiemt é representar os interesses do setor industrial para contribuir com o desenvolvimento econômico, além de atender as necessidades das indústrias mato-grossenses em formação e qualificação profissional, saúde, segurança e qualidade de vida do trabalhador, educação empresarial, serviços técnicos e de tecnologia, inovação e internacionalização. 

Movimento ANTENE-SE

O Movimento ANTENE-SE busca contribuir para a modernização das leis sobre antenas nas principais cidades brasileiras, promover a inclusão digital e refletir sobre a implantação do 5G no país. O ANTENE-SE é resultado da colaboração de seis entidades, que representam setores diversos da economia:

● Abrintel (Associação Brasileira de Infraestrutura para Telecomunicações);

● ABO2O (Associação Brasileira Online to Offline);

● Brasscom (Associação das Empresas de Tecnologia da Informação e Comunicação – TIC – e de Tecnologias Digitais);

● CNI (Confederação Nacional da Indústria);

● Feninfra (Federação Nacional de Instalação e Manutenção de Infraestrutura de Redes de Telecomunicações e de Informática);

● Telcomp (Associação Brasileira das Prestadoras de Serviços de Telecomunicações Competitivas).

A Carta Aberta do Movimento e novidades sobre o ANTENE-SE e o tema da conectividade estão no site do Movimento  e no perfil do Facebook.

Via | Assessoria   Foto | Marcelo Camargo – Agência Brasil
(Visited 1 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta