Mercado de cupons gerou mais de R$ 10 bilhões em vendas para o e-commerce brasileiro durante o ano passado, segundo dados da Cuponomia 

Especialista traz dicas inspiradas no reality para alavancar vendas usando cupons de forma mais assertiva

O sucesso do Big Brother Brasil não é novidade para ninguém. O reality que há mais de 20 anos se consagrou no calendário do entretenimento nacional é também um exemplo de como grandes marcas exploram diferentes oportunidades de negócio e estratégias de vendas. A edição deste ano, inclusive, bateu recorde de patrocinadores, contando com nomes como McDonald’s, C&A e Avon. O faturamento do programa com patrocínios está estimado em torno de R$700 milhões.

Dentre as estratégias adotadas pelos anunciantes, está a oferta de cupons de desconto, especialmente durante provas e festas, momentos de maior engajamento do público no reality. No e-commerce como um todo, os cupons também têm sido responsáveis por alavancar resultados. Um levantamento da Cuponomia aponta que o mercado de cupons gerou mais de R$ 10 bilhões em vendas para o e-commerce brasileiro durante o ano passado.

“Cupons de desconto têm sido responsáveis por grande parte do faturamento do e-commerce, assim como trazem bons resultados no BBB. As ofertas de cupons em tempo real no programa trazem um aumento instantâneo das vendas e, dependendo da ação, ainda fidelizam consumidores. O reality pode ensinar estratégias valiosas para o e-commerce usar esse recurso de forma mais assertiva”, garante Franklin Bravos, CEO da Signa, startup de soluções digitais que já profissionalizou mais de 500 e-commerces.

Pensando nisso, o especialista elencou as três principais estratégias observadas no uso de cupons de desconto no BBB e que podem ser aplicadas por qualquer e-commerce para alavancar as vendas. Confira:

1. Disponibilize cupons atrativos

Como no BBB, as marcas devem investir em ofertas atrativas, já que essa é uma condição decisiva na escolha dos consumidores e que ajuda a atrair e fidelizar novos clientes. “Além de pensar no aspecto econômico da oferta, é possível tornar um cupom mais atrativo ao conceder descontos válidos para momentos convenientes para o cliente, como a primeira compra, datas sazonais, datas comemorativas e até mesmo aniversários. Esse tipo de oferta atrai o interesse do consumidor e leva-o ao ato da compra”, afirma Bravos.

2. Deixe claro que a promoção é por tempo limitado

A casa mais vigiada do Brasil apresenta diversas publicidades, especialmente durante as competições entre os brothers. As ofertas liberadas por meio de QRCode exposto na tela da TV ou código específico para o cupom vêm identificadas com o alerta de que as promoções são por tempo limitado. Aplicar essa prática no e-commerce também pode ser decisivo para o sucesso das vendas. “Delimitar um prazo para usar o desconto é uma estratégia que funciona, pois incentiva o consumidor a agir e tomar a decisão de compra o quanto antes”, explica o executivo.

3. Use cupons para vendas presas no estoque

A taxa de abandono de compras é uma das principais preocupações de quem atua no comércio eletrônico. No Brasil, ela fica em torno de 61% segundo levantamento da consultoria Enext. Por outro lado, existem formas de lidar com essa realidade e os cupons de desconto são uma delas. Assim como as grandes marcas fazem, os cupons podem ser direcionados à venda de itens presos em estoque, incluindo itens de compras não finalizadas. Nesse caso, um e-mail para lembrar o visitante que a compra ficou pendente pode ser um bom caminho. “O lojista pode estipular um prazo para o cupom e até mesmo uma condição adicional para estimular o retorno ao site e a finalização da compra”, sugere Bravos.

Sobre a Signa

Fundada em 2005 na cidade de Blumenau/SC, a Signa é uma empresa de soluções digitais e uma das principais especialistas na plataforma de e-commerce Magento do Brasil. Por muitos anos, o foco da Signa foi o desenvolvimento de e-commerces em projetos sob demanda e nomes como Melissa, Rider, Ipanema, Tigre, Fiat e Brandili já fizeram parte do seu portfólio. Nos últimos anos, lançou o Signashop, uma solução para quem deseja ter uma loja virtual de qualidade, com um investimento justo. Além do Signashop, que atualmente é o principal produto da empresa, a Signa está em um abrangente processo de expansão. O espaço físico foi ampliado, assim como o quadro de funcionários. O leque de produtos, serviços e soluções também foi estendido.

(Visited 1 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta