Os salários iniciais do processo seletivo organizado pelo Idib são de R$ 8.300

O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) abriu inscrições da seleção pública para 360 vagas – 60 de contratação imediata. As oportunidades são para 13 funções na área tecnológica, todas com exigência de formação de nível superior e salários iniciais de R$ 8.300.

As funções demandadas são: analista de dados; especialista em governança de dados; analista em business intelligence; cientista de dados; especialista em BigData; engenheiro de IA; analista em interoperabilidade; arquiteto em soluções; especialista em DevOps; analista de infraestrutura de TIC; analista de processo; analista de negócios e analista de segurança da informação.

Para se inscrever, o candidato deve acessar o site da banca organizadora, o Instituto de Desenvolvimento Institucional Brasileiro (Idib), até às 23h59 do próximo dia 2 de maio. A taxa de inscrição é de R$ 44 e as provas estão previstas para 5 de junho, em Brasília.

Sobre o Idib

Uma das maiores bancas organizadoras de concursos públicos no país, o Instituto de Desenvolvimento Institucional Brasileiro (Idib) tem parcerias com órgãos e instituições de todo o território nacional e status que o credenciam como uma instituição sólida, respeitada e inovadora. Pioneiro na utilização de biometria digital e facial para a identificação de candidatos e redução de fraudes, conta com um aparato de segurança que inclui câmeras de alta definição com monitoramento 24h, sistema anti-hackeamento, detectores de metal, malotes de segurança lacrados impermeáveis e resistentes ao fogo, fragmentadoras, portas blindadas, comunicação por rádio amador e bloqueadores de celular — um verdadeiro arsenal contra irregularidades.

A instituição foi a primeira a organizar concurso público para o Exército Brasileiro: os certames da Escola Preparatória de Cadetes do Exército (Espcex) e o de admissão do Colégio Militar de Salvador (CMS). Fazem parte do portfólio do Idib, também, o Ministério da Economia; o Ministério Público do Estado do RS; a Ordem dos Advogados do Brasil de GO; o Tribunal Regional do Trabalho da 5ª Região, na BA; a Eletrobrás do PI; os governos dos estados de GO e PE; as Polícias Militares da PB e do ES; os Conselhos Regionais de Medicina do RJ, PE e MT; o Conselho Regional de Farmácia de MS; o Conselho Regional de Odontologia de PE e a Câmara Municipal de Maceió.

Via | Assessoria
(Visited 1 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta