Trocar ideias sobre projetos culturais programados para 2022, desafios e perspectivas que se apresentam será o objetivo da Conferência das Secretarias e Departamentos de Cultura da Região Sudeste de Mato Grosso, que acontece na próxima quarta-feira (9), no Auditório do Paço Municipal, com abertura às 7 horas e encerramento às 17 horas.

Recepcionados pela Secretaria Municipal de Cultura (Secult Rondonópolis), representantes dos 19 municípios que compõem o Sudeste mato-grossense terão, com o evento, uma oportunidade de fortalecer a cultura dessa região do estado em um momento de intercâmbio e preservação do mosaico cultural do qual fazem parte.

“Vamos abordar assuntos importantes que envolvem a vida cultural dos municípios ao redor de Rondonópolis localizados no chamado Território Vermelho, que é como denominamos a Região Sudeste de Mato Grosso. Ao final do encontro, iremos elaborar um documento com as pautas mais importantes para apresentar ao Governo do Estado”, afirma o secretário de Cultura de Rondonópolis, Pedro Augusto Araújo, que explica que cada grupo vai apresentar temáticas pertinentes à cidade de onde vêm.

Entre os temas expostos por Rondonópolis está a realização do Miss Mato Grosso 2022, planejado para acontecer em 09 de 10 de abril, no Casario. A Festrilha será outro assunto proposto pelos donos da casa, contando com a presença da presidente da Federação Mato-grossense de Quadrilhas Juninas de Mato Grosso (FMTQ), Marta Negrão.

Aproveitando a reunião, os rondonopolitanos vão lançar o nome de Daniel Horas, que é membro do Conselho Municipal de Cultura, para concorrer a um assento no Conselho Estadual de Cultura representando o Sudeste de Mato Grosso. “Daniel é candidato único e deve ser chancelado pelos outros 19 municípios para as eleições que vão acontecer no período de 15 de março a 03 de abril, quando os artistas cadastrados no Conselho Estadual de Cultura poderão votar”, esclarece o secretário.

Pela manhã, no auditório da Prefeitura, acontecem os debates. Ao meio-dia será feito intervalo para almoço com retomada das atividades a partir das 14 horas, quando haverá manifestações artísticas para os presentes. “À tarde, membros e comitivas dos nossos municípios irmãos poderão assistir a apresentações no Casario, como rodas de capoeira, encenação de peça teatral e espetáculo de siriri, além de visitarem uma exposição na galeria”, comenta Pedro Augusto, que ainda convida: “A conferência está aberta para empresários, artistas e produtores de eventos que podem fazer sua credencial na entrada do auditório, no dia do encontro”.

Via | Assessoria
(Visited 1 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta