Foi com o objetivo de trazer visibilidade às mulheres que fizeram história no Estado, no decorrer dos conteúdos trabalhados na disciplina de história, que a professora da Escola Estadual Historiador Rubens de Mendonça, em Cuiabá, Bruna Myrtes Baldo, escreveu o livro paradidático “Mulheres de Mato Grosso”. A obra é composta por dez biografias e ilustrações de mato-grossenses que marcaram sua época.

Parte integrante de sua tese de mestrado, a proposta do material é servir de suporte e complemento para professores de história em sala de aula, por meio das histórias de vida de Tereza de Benguela, Maria Bernarda Poupino, Mãe Bonifácia, Rosa Bororo, Bernardina Rich, Maria Dimpina, Zulmira Canavarros, Lígia Borges de Figueiredo, Dunga Rodrigues e Maria Taquara.

O livro também dispõe de uma tabela com sugestões de formas para trabalhar as biografias com os conteúdos programáticos, de acordo com a Base Nacional Comum Curricular (BNCC) e o Documento de Referência Curricular para Mato Grosso (DRC-MT).

“As mulheres sempre ficaram a margem da história. Nos materiais didáticos que usamos em sala de aula, a maioria dos personagens são homens que estão em posição de poder. Por conta dessa falta de representatividade percebi a urgência de se produzir material para a educação básica que suprisse essa falta”, ressalta a professora.

Educadora da Rede Estadual de Ensino desde 2012, Bruna destaca que o livro contribui em diversos aspectos para a formação educacional e enfatiza a importância de discutir a história de mulheres no ambiente escolar. “O livro possibilita que discussões relacionadas a luta das mulheres na sociedade se tornem mais amplas. Por meio desses debates na escola, conseguimos formar estudantes com pensamento mais crítico e reflexivo”.

Ela acrescenta que possui planos para disponibilizar o livro impresso em breve. No momento ele está disponível em formato digital gratuitamente aqui.

Via | Assessoria
(Visited 1 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta