Há 3 anos Milena Silva trocou o jornalismo pela fotografia e desde então se dedica a enaltecer a beleza de mulheres reais. O amor pela imagem veio em uma tarde despretensiosa, e hoje valoriza a autoestima feminina por meio das lentes no ensaio sensual.

A fotógrafa explica que a carreira é recente e começou de forma inusitada. Em um dia de sol, em um lago da cidade, uma amiga pediu que fizesse alguns registros, e as fotos encantaram a todos, que incentivaram a então jornalista a seguir no ramo. “Eu amo fotografar mulheres e o desenho único de cada corpo! Adoro registrar sentimentos e o conjunto todo que impõe a resolução das luzes, cores, texturas, brilhos, maquiagem e roupa”, comenta.

A profissional já fez muitos trabalhos, mas destaca o ensaio boudoir como sua principal marca. De forma sutil e afetuosa, as fotos artísticas ressaltam a beleza feminina e sua liberdade. A nudez não é regra, mas pode aparecer de maneira pensada e com muita delicadeza. “Diferente do que acontecia antigamente (presentear o marido), hoje muitas mulheres fazem o ensaio para se presentear. E o objetivo deste é enaltecer sua beleza e a feminilidade, aumentar sua autoestima, mostrar sua liberdade e seu empoderamento”, afirma a fotografa.

Ela explica que não é preciso se intimidar pelas lentes, nem ter molejo diante da câmera.
“O ensaio é todo dirigido 100% por mim, você não precisa saber o que fazer, nem como posar para a câmera. Não importa que nunca tenha feito fotos profissionais, esse é o meu trabalho e ele inclui captar o seu lado mais incrível. Fique tranquila! E aproveite o seu momento”, incentiva.
Milena conta que fotografar mulheres através do ensaio Boudoir veio após o nascimento do seu segundo filho. “Como diz a música “mulher de fases” canção do Raimundos, nosso corpo durante os anos passam por constantes evoluções, e uma delas é a gestação.

Apesar de ter tido uma gestação 100% saudável, o ganho excessivo de peso e algumas mudanças hormonais me assombraram. A rosácea que tenho em meu rosto aflorou fazendo com que a carne ficasse no vivo, e apareceram estrias na minha barriga após a gestação. Até que em um dia, no meu ensaio de gestante, com um fotógrafo da região, eu pude notar que com uma bela produção, e um look descontraído o resultado seria incrível. E FOI! Olhando aquelas fotos e chorando de alegria, me admirando e me achando linda, eu bati o martelo que era aquilo que eu queria; queria fotografar e enaltecer cada registro da #mulherreal.

Toda sensibilidade da profissional em capitar o melhor das clientes, deixa todas deslumbradas e com a autoestima ainda mais elevada.
“Não tenho palavras para descrever o que senti ou melhor o que estou sentindo após o ensaio. Foi uma libertação, um autoconhecimento, me olhar e ver que sou aquele mulherão, que bastou apenas uns clicks para libertá-la. Só tenho elogios a toda sua dedicação, Milena, pelo trabalho excepcional. Gostaria que toda mulher enxergasse o mulherão que há dentro dela. Registros inesquecíveis”, declara a empresária Ana Paula Lopes Terra.

“Quero deixar aqui o meu registro. Falar do trabalho maravilhoso que a Milena fez comigo! Fotos que me mostraram mais de mim para mim mesma! Senti-me outra pessoa ao ver as fotos! Foi incrível! É impressionante como um trabalho bem feito transforma nossos dias e nossa visão! Sinto-me mais sensual, mais poderosa”, relata a advogada, Renata Oliveira.

O ensaio Boudoir tem origem francesa e quer dizer “quarto lindamente decorado, utilizado pelas mulheres de alta classe e da realeza para se vestir, dormir, costurar, trocar de roupas, ter conversas privadas e até encontrar o seu amado”. Na década de 1920, as mulheres – principalmente as grandes sexysimbols da época – acharam esse o cenário ideal para suas fotos sensuais, sem muitas roupas, e, com o tempo, se tornou um estilo de fotografia íntima feminina. No início, as fotos eram tiradas nos próprios quartos das modelos, em cenários montados lembrando os antigos quartos franceses e até em suítes de hotéis de luxo. Os móveis, as lingeries, as poses e a sensualidade feminina ajudam a construir esse tipo de fotografia. E, por mais que fosse um grande tabu na época, o ensaio boudoir ganhou grande popularidade, inclusive entre homens e casais. Muitas noivas também passaram a tirar essas fotos e presentear seus maridos após o casamento. Com o tempo, virou também presente de aniversário.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Site: https://www.myboudoir.com.br
Instagram: @myboudoir

(Visited 1 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta