De acordo com o Departamento Estadual de Trânsito de Mato Grosso (Detran-MT)  aconselha os proprietários de veículos a necessidade de liquidar todos os tributos e débitos que se encontram pendentes para que consigam licenciar o veículo e transitar de forma tranquila e regular.

Erros comuns que geralmente as pessoas têm, é considerar que somente o pagamento do Imposto sobre Propriedades de Veículos Automotores (IPVA), já regulariza os carros 2022 para circularem.

Entretanto não é assim, além do Licenciamento Anual do automóvel para ser concluído, é fundamental realizar o pagamento do IPVA, taxa de licenciamento e multas de trânsito pendentes.

Outros motivos que podem impedem o licenciamento do veículo:

  • Bloqueio por falta de transferência

  • Bloqueio judicial

  • Pendência na comunicação de venda

  • inclusão de gravame pendente em caso de veículos financiados.

Dessa forma, ao realizar todos os débitos e taxas pendentes do veículo, já pode ser emitido o Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo digital em PDF ou impressa, através do site do Detran.

Sabemos que o porte do documento é dispensável, porém o Detran sempre alerta ao transitar com o veículo é importante sempre manter o licenciamento impresso, podendo ser abordado pelos agentes de trânsito é não possuir outro meio de consulta do condutor, podendo ser responsável pela infração.

Contudo, caso o condutor esteja circulando com o licenciamento vencido em uma abordagem de fiscalização, o automóvel imediatamente será apreendido e removido, como também penalidade de multa de R$293,47.

Enfim, o Detran-MT reforça que é essencial a quitação de débitos que se encontram  pendentes e assim manter o veículo em dia e evitar transtornos desagradáveis.

Via | Assessoria
(Visited 1 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta