O projeto de lei 75/2021 que estabelece auxílio financeiro para catadores de recicláveis que atuam em aterro sanitário e carroceiros foi aprovado pela Câmara Municipal, nessa sexta-feira (3), em Cuiabá. Em torno de 375 trabalhadores receberão o auxílio de R$ 500.

De acordo com a prefeitura, antes da pandemia da Covid-19, a capital tinha 144 pessoas trabalhando no aterro sanitário. Após o início da crise sanitária, esse número subiu para 345, ou seja, um aumento de 139%.

A aprovação do PL ajuda a minimizar os impactos sofridos por esses trabalhadores durante a pandemia do novo coronavírus.

O projeto é de autoria do Poder Executivo e faz parte do programa “Renda Solidária II, Cuidando da Gente”.

Dos 375 beneficiados, 342 são trabalhadores da coleta seletiva de resíduos e outros 33 desenvolvem atividades por meio do transporte de carga por tração animal. Serão pagas três parcelas de R$ 500.

Todos eles já passaram pelo processo de cadastramento realizado pela Secretaria de Assistência Social de Cuiabá.

Em 2020, o projeto beneficiou 1.687 trabalhadores das categorias dos feirantes, ambulantes, transporte escolar, carroceiros e catadores de recicláveis.

Via | G1
(Visited 1 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta