A Corregedoria Regional Eleitoral de Mato Grosso deu início a uma série de medidas para fomentar o uso do aplicativo e-título, que corresponde a versão digital do título de eleitor. Um provimento foi expedido, no dia 30 de novembro, com orientações a serem observadas pelas 57 zonas eleitorais do Estado para fomentar, junto ao eleitorado, a adoção do e-Título. Além desse normativo, uma campanha será iniciada para divulgação do aplicativo nos meios de comunicação oficial do TRE e também por empresas e órgãos parceiros.

O provimento expedido pela CRE-MT prevê a utilização, preferencialmente, da via digital do título eleitoral, e para isso, determina que o atendente da Justiça Eleitoral, após a finalização do atendimento, informe ao eleitor ou a eleitora a disponibilidade da via digital do título eleitoral, prestando as informações necessárias.

“Com a utilização do e-Título fica dispensada a impressão do título eleitoral, e, dessa forma, estaremos contribuindo com o meio ambiente e outras práticas de sustentabilidade e indo ao encontro dos princípios da eficiência e economicidade. Nesse sentido, a “Agenda de Direitos Humanos das Nações Unidas” (Agenda Global 20/30) foi recepcionada pelo Poder Judiciário, por meio do Conselho Nacional de Justiça – CNJ”, sendo que um dos objetivos é promover o desenvolvimento sustentável ambiental”, ressaltou a corregedora regional eleitoral de MT, desembargadora, Nilza Maria Pôssas de Carvalho.

O e-Título pode ser baixado para smartphone ou tablet, nas plataformas iOS ou Android. Após baixá-lo, basta inserir os dados pessoais. O aplicativo possui diversas funcionalidades, por meio dele, o eleitor e a eleitora poderão obter certidões, consultar a situação eleitoral, emitir guia de multa, se inscrever como mesário voluntário, consultar o local de votação e no dia da eleição, se estiver fora do domicílio eleitoral, poderá justificar a ausência às urnas. Por fim, o título digital pode ser utilizado como identificação para fins de votação, desde que o eleitor tenha a biometria cadastrada.

Dos pouco mais de 2,2 milhões de eleitores de MT aptos ao exercício do voto, somente 237.054 possuem o e-Título.

Via | Assessoria TRE-MT
(Visited 1 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta