A gerente de um posto de combustíveis, no Centro do Sorriso, procurou a delegacia para denunciar que a máquina de cartão de crédito e débito pertencente ao posto foi substituída por um suspeito, ainda não identificado, e que os recebimentos do posto estavam indo para a conta de uma mulher.

Segundo a gerente, a máquina antiga estava cadastrada em nome do posto e foi substituída por uma da mesma marca, mas que estava cadastrada em nome de uma mulher. Segundo a comunicante, a fraude foi percebida quando um funcionário teve um engano de recebimento e na hora de tirar o comprovante, foi visualizado que a máquina não estava nome do posto.

A quantia que foi para a conta da mulher que estava cadastrada na máquina é de cerca de R$51.427.

O CNPJ dos recebimentos é de Aparecida de Goiás, mas o endereço cadastrado na máquina é de Sorriso.

Via | JK Notícias
(Visited 1 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta