Vídeo explica passo a passo de como o participante deverá utilizar o sistema do Enem Digital. Redação do exame será realizada em material impresso

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) disponibilizou, no seu canal do YouTube, vídeo com passo a passo para acessar a plataforma de aplicação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2021 Digital. O tutorial do sistema mostra detalhes desde o acesso à prova até a entrega.

O vídeo explica que, ao acessar o computador de realização do exame, o participante deve ler as instruções e aguardar a liberação do chefe de sala para iniciar a prova. O inscrito também pode escolher o tema da tela, clicando em acessibilidade para escolher o contraste de tela — fundo branco com fonte preta ou fundo preto com fonte branca.

Após a liberação do chefe de sala para iniciar a prova, o participante deve inserir, por meio do teclado virtual, sua chave de acesso ao exame, disponibilizada na folha de rascunho personalizada. Na sequência, o inscrito poderá conferir e confirmar seus dados.

Somente após esse processo, o participante poderá iniciar a prova. Para escolher uma resposta de cada questão, basta clicar na opção desejada. Caso queira desmarcar a seleção para escolher outra resposta, é preciso clicar no botão “Desmarcar resposta”. O botão “Próxima” encaminha o participante para a próxima questão.

Do lado esquerdo da tela, haverá um menu de navegação, em que constam os ícones da plataforma, como “participante”; “rascunho”, que possibilita fazer marcações na prova; “mapa de questões”, para o participante visualizar a grade de questões e indicar a resposta correspondente; e “bandeira”, que permite ao participante marcar as questões que deseja destacar.

No primeiro dia da aplicação do Enem Digital, dentro do ícone “mapa de questão”, haverá a proposta de redação. No botão “Instrução”, o participante poderá ler as orientações para a redação e, na sequência, o tema da prova. Embora o Enem Digital seja em computador, o texto deverá ser escrito à mão, em material impresso.

Caso o participante queira pausar a prova para ir ao banheiro, por exemplo, é necessário acessar o ícone “cadeado” e escolher a opção “Sim, pausar”. Para retomar à prova, basta inserir a chave de acesso. É importante lembrar que o tempo em que a prova ficar pausada não será recompensado depois.

Ao concluir a prova, o participante deve selecionar o botão “Finalizar prova”, localizado na parte inferior do mapa de questões, confirmar a finalização do exame e inserir sua chave de acesso. O sistema solicitará que o participante ateste o desejo de entregar a prova. Feito isso, basta chamar o auxiliar de tecnologia, que colocará a chave de autenticação dele na plataforma para receber a prova. Por fim, o sistema apresentará a assinatura eletrônica do participante, que deve ser anotada na folha de rascunho.

Enem Digital – O Enem Digital será aplicado, neste e no próximo domingo, 21 e 28 de novembro, para mais de 68 mil participantes. A versão do exame em computador ocorre nas mesmas datas do Enem impresso. Os dois modelos também terão itens de prova iguais, inclusive tema da redação.

Esta é a segunda vez que o Inep aplica o exame em computadores para os inscritos que optaram pela modalidade. A primeira vez foi uma aplicação-piloto, realizada na edição do Enem 2020.

Em 2021, o Enem Digital será aplicado em 99 municípios brasileiros e contará com 831 locais de aplicação, totalizando 4.537 salas de prova. Toda a aplicação digital será coordenada por 927 colaboradores.

Enem – O Exame Nacional do Ensino Médio avalia o desempenho escolar dos estudantes ao término da educação básica. Ao longo de mais de duas décadas de existência, tornou-se uma das principais portas de entrada para a educação superior no Brasil, por meio do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) e de iniciativas como o Programa Universidade para Todos (ProUni), ambas ações do Ministério da Educação (MEC).

Instituições de ensino públicas e privadas utilizam o Enem para selecionar estudantes. Os resultados são usados como critério único ou complementar dos processos seletivos, além de servirem de parâmetros para acesso a auxílios governamentais, como o proporcionado pelo Fundo de Financiamento Estudantil (Fies).

Os resultados individuais do Enem também podem ser usados nos processos seletivos de instituições portuguesas que possuem convênio com o Inep para aceitarem as notas do exame. Os acordos garantem acesso facilitado às notas dos estudantes brasileiros interessados em cursar a educação superior em Portugal.

Assista ao vídeo
Acesse a Página do Participante
Confira os editais do Enem 2021
Confira as orientações de prevenção à covid-19 para o dia do exame
Saiba mais sobre o Enem
Press kit do Enem 2021

Via | Assessoria de Comunicação Social do Inep

(Visited 1 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta