Com sensibilidade e empatia, uma ação integrada entre as secretarias de  Saúde e de Promoção e Assistência Social abordou pessoas em situação de rua e dependentes químicos na região da Vila Canaã, Vila Operária e da Praça da Saudade, no bairro Bom Pastor, nesta segunda-feira (27).

De acordo com o secretário de Saúde, Vinicius Amoroso,  que acompanho in loco a ação, o  objetivo deste trabalho integrado, além da abordagem social realizada constantemente pelo  Centro Pop, é oportunizar acesso à população de rua acesso a várias  políticas públicas, como serviços de atendimento médico-odontológico, encaminhamento daqueles que aceitam para clínica de reabilitação e até mesmo o retorno ao convívio familiar.

“O trabalho das secretarias (Saúde e da Promoção e Assistência Social), mas essa  ação integrada facilita e acelera a prestação de serviços às pessoas em situação de vulnerabilidade social”, ressaltou Vinicius, acrescentando que durante a ação integrada houve testagem  rápida de HIV, sífilis, hepatite, vacinação de Covid-19, bem como a  distribuição de preservativos e  kits de  higiene pessoal.

Os moradores de rua também foram orientados sobre os serviços disponíveis  pelo município.  Vinicius contou que foi feito ainda pela força-tarefa o encaminhamento imediato de uma pessoa que necessitava de atendimento odontológico e de outra, que aceitou fazer o tratamento à dependência química, para o Hospital Paulo de Tarso.

“Este trabalho integrado é importante para trazer informação e dar visibilidade para essa  população de grande vulnerabilidade social. É uma população que precisa ser vista. São pessoas que existem e precisam cuidados especiais e dignidade”, frisou Vinicius.

Amoroso salientou ainda que a intenção é que este trabalho integrado e humanizado, realizado  por profissionais das duas pastas nesta segunda-feira, também aconteça em outros pontos da cidade onde há maior concentração de moradores em situação de rua. “Queremos fazer esse trabalho de forma conjunta, integrada, em toda a cidade. Assim, poderemos conhecer melhor essas pessoas e encaminhá-las para os serviços de assistência, de saúde e de outras áreas, de acordo com as demandas de cada uma”.

Via | Assessoria
(Visited 1 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta