Dois policiais militares foram presos nesta terça-feira (21) em Mato Grosso ao serem flagrados com um carro roubado do Rio de Janeiro. Eles foram abordados por policiais do Grupo Especial de Fronteira (Gefron) em Porto Esperidião, cidade que faz fronteira com a Bolívia.

Segundo o Gefron, eles estavam em um Jeep/Compass de cor prata, ano de 2019, em atitude suspeita. O carro está avaliado em R$ 170 mil.

Os policiais do Gefron perceberam que o sinal identificador do veículo foi alterado e descobriram que era um carro roubado neste ano no Rio de Janeiro.

Os policiais são de Mato Grosso e atuam no Comando Regional 6, em Cáceres. Eles foram encaminhados para a Delegacia da Polícia Civil de Porto Esperidião pelo crime de receptação.

Um deles, Jeferson da Silva Leal, já era investigado pelo assassinato e sumiço de um pedreiro em Cáceres. 

A Corregedoria Geral da PM foi comunicada e disse que tomou providências para apurar a conduta dos policiais militares.

“A Instituição entende que a situação é muito grave e não compactua com desvios de conduta. Os mesmos serão submetidos a uma apuração interna com direito à ampla defesa e contraditório e caso sejam responsabilizados, a punição pode chegar a demissão da corporação”, disse a Secretaria de Segurança Pública de Mato Grosso (Sesp-MT).

Via | G1
(Visited 1 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta