Ampliar as oportunidades de emprego, de recolocação no mercado de trabalho ou até mesmo para empreender, promovendo assim cidadania através da capacitação  profissional de pessoas em situação de vulnerabilidade social. Com essa proposta,  realizou-se, na noite desta terça -feira (31), no auditório da Obra Kolping, na Vila Operária, a cerimônia que marcou o início das atividades do projeto “Reconstruindo o Futuro”.  A realização do projeto é  resultado de uma parceria entre a Prefeitura de Rondonópolis, por meio da Secretaria Municipal de Tecnologia e Inovação, e a Obra Kolping.

Ao  longo do ano, serão ofertadas, em três etapas, pelo “Reconstruindo Vidas” 760 vagas para cursos gratuitos de qualificação profissional  voltados a  pessoas de baixa renda de várias regiões da cidade.  Nesta primeira etapa, que se iniciou com “Aula Inaugural” desta terça-feira, são 240 vagas, distribuídas em 10 cursos profissionalizantes. 

As oportunidades de capacitação profissional são nas áreas de técnicas administrativas, informática básica, massagem, inclusão digital exclusiva para o público da terceira idade, confeitaria, manicure e pedicure, auxiliar de cozinha, maquiagem, designer de sobrancelhas e depilação.

Além da “Aula Inaugural” do projeto “Reconstruindo o Futuro”, o evento, que foi abrilhantando pela presença da Banda Marcial Municipal, marcou ainda o encerramento do projeto “Transformando Vidas”, que foi desenvolvido no ano passado, também por meio da  mesma parceria.  Na ocasião, foram entregues os certificados de conclusão para algumas das quase mil pessoas que participaram dos cursos de capacitação em 2020. 

Presente à aula inaugural, o Prefeito José Carlos do Pátio ressaltou  que a oferta de diversos cursos profissionalizantes gratuitos, por meio da parceria entre o município e a Obra Kolping, possibilita novas perspectivas para as pessoas mais vulneráveis e, também, representa  o compromisso da atual gestão em promover cidadania. 

“Esta parceria abre perspectivas de futuro. É mais um importante investimento que estamos fazendo para promover cidadania. São vários cursos ofertados gratuitamente para comunidade,  que  podem  possibilitar oportunidades para as pessoas que ainda estão sem emprego, para quem quer mudar de profissão, empreender ou deseja se reposicionar no mercado de trabalho”, disse o Prefeito, destacando que Rondonópolis é uma das cidades que mais geram empregos no país. “O nosso propósito é continuar qualificando e formando a nossa população”. 

Neiva de Col, secretária municipal de Ciência, Tecnologia e Inovação, ressaltou a  importância desse investimento na qualificação dos trabalhadores da cidade. Segundo ela, os cursos ofertados  pela  parceria da Prefeitura de Rondonópolis com a Obra Kolping surgem como uma alternativa para muitas pessoas que buscam uma  formação profissional que proporcione a elas uma atividade profissional que faça a diferença na sua vida e da sua família. 

“Esta é uma linda parceria iniciada ano passado entre a Obra Kolping e a Prefeitura de Rondonópolis, através da nossa Secretaria (Ciência, Tecnologia e Inovação) e o apoio e atuação direta da Secretaria Municipal de Promoção e Assistência Social,  que visa  dar uma nova chance de capacitação para pessoas em situação de vulnerabilidade social e, consequentemente, elevar a qualidade de vida delas”, externou Neiva. 

Ela observou ainda que os cursos oferecidos pelo projeto este ano irão atender as várias necessidades dos participantes. “Dentre os alunos que estão matriculados nos diversos cursos ofertados por esta parceria, têm pessoas que querem melhorar a profissão que exercem,  que estão buscando requalificação na atividade onde atuam.  Muitos outros  estão tomando como uma possibilidade de formação para iniciar um novo processo de atuação profissional. Então, é uma nova perspectiva, uma nova possibilidade que se abre”, comentou.

Integrante da direção da Obra Kolping,  padre Aladin destacou que os cursos ofertados pela parceria firmada com a Prefeitura de Rondonópolis têm um papel importante na formação e na qualificação profissional com um maior rapidez da comunidade. “Esses chamados cursos livres empoderam rapidamente  as pessoas para mercado de trabalho. Com isso, têm um retorno mais rápido para as suas vidas também”.

Via | Assessoria
(Visited 1 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta