• Pesquisa do Banco BS2 analisou a percepção atual sobre os bancos, tendências para o futuro e impactos da pandemia para o setor

• Para entrevistados, super apps e marketplaces ditarão tendência do setor

Levantamento do banco digital BS2 revelou que empresas têm migrado suas contas para os bancos digitais. Foram ouvidos líderes de pequenas e médias empresas das regiões Centro-Oeste e Norte, entre os dias 24 de junho e 13 de julho de 2021.

De acordo com o estudo, entre as companhias que utilizam os novos bancos, 61% dos empresários do Centro-Oeste e Norte abriram suas contas há três anos ou menos. No entanto, quando questionados se em um futuro concentrariam as operações financeiras da empresa em um banco digital, as regiões aparecem com 73% no ranking, atrás do Sul (78%), Nordeste (76%) e Sudeste (74%).

“É possível constatar que a população brasileira já reconhece as soluções dos bancos digitais no mesmo nível ou até superiores as dos bancos tradicionais”, afirma Breno Guelman, executivo do BS2. “Essa transformação foi primeiro percebida na Pessoa Física e agora começa a ficar evidente para as Pessoas Jurídicas, em especial para as PMEs que representam a maior parte das empresas no país”, completa.

Sobre os critérios que fariam as empresas mudarem de banco, 52% dos empresários e gestores apontaram menores tarifas. Outros pontos abordados pelos líderes foram agilidade no atendimento, rentabilidade e fácil utilização de aplicativo ou plataforma.

Segundo levantamento, 80% dos empresários acreditam que os super apps facilitarão o relacionamento dos clientes com o os bancos. Apesar de um número expressivo, as regiões ficaram atrás do Sudeste e Nordeste que somaram 82%, enquanto o Sul aparece com 76%. Por outro lado, o Centro-Oeste e o Norte lideram, com 83%, apostando que marketplaces continuarão crescendo mesmo com o fim da pandemia.

Os gestores das regiões são os mais otimistas em relação ao sistema bancário ser completamente integrado, com fácil acesso e utilização. Com 80%, ficaram à frente do Sudeste, com 79%, Nordeste, com 78%, e Sul, com 71%.

Modernização do sistema bancário
O levantamento também traz um panorama da visão dos executivos sobre o principal fator para a modernização do sistema bancário. A grande maioria dos entrevistados (68%) vê relação entre o avanço das inovações bancárias e surgimento dos bancos digitais. Para 73% deles, a agilidade nos processos bancários também teve influência dos novos bancos. Nesse quesito, a região que liderou o ranking foi o Nordeste com 80%. Outros 80% dos líderes do Centro-Oeste e Norte acreditam que inovações como o Pix e Open Banking contribuíram para as transformações no setor.

Quando questionados sobre os principais avanços das instituições financeiras nos últimos cinco anos, as PMEs apontam: aplicativos mais rápidos e completos (35%), melhor atendimento ampliado nos canais digitais (29%), além de uma maior automação dos processos e a possibilidade de resolver tudo online sem ter que ir a uma agência presencial (27%). A comodidade de resolver as pendências de casa, inclusive, também foi um dos grandes destaques do Sudeste (27%), seguido por Sul (26%) e Nordeste (22%).

Pandemia

O estudo mostra ainda o reflexo da pandemia da Covid-19 para acelerar esse processo de modernização e digitalização, além do comportamento das empresas em relação aos serviços bancários. Para 42% das PMEs ouvidas a relação com os bancos mudou nesse período. A região é onde menos sentiu esse impacto, enquanto no Sul esse número cresce para 57%.

Durante o período, a migração de banco por conta das tarifas (46%), a abertura de conta em bancos digitais pela agilidade e facilidade (43%), além do acesso a outros serviços (39%), foram as principais mudanças relatadas pelas empresas. A mudança de banco pelas tarifas abusivas, inclusive, foi a mais citada entre todas as regiões, enquanto no Sudeste o número cai para 18%.

Sobre o Banco BS2

O BS2 é um banco digital com diversas soluções financeiras e de tecnologia para empresas e pessoas físicas. Foi pioneiro no País na oferta de uma conta digital integrada a uma jornada de investimentos e conta internacional, com saldo em dólares, no mesmo APP. Para empresas, além de uma plataforma de autosserviço, o banco oferece diversas possibilidades de integrações, customizadas ou de prateleira, para automatizar as rotinas financeiras.

(Visited 1 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta