A diretoria do Sipros – Sindicato da Categoria dos Profissionais da Educação Básica da Rede Estadual de Ensino da Região Sul de Mato Grosso, vai emitir um ofício para Secretaria de Estado de Educação, solicitando revisão nos protocolos de segurança das escolas estaduais.

O presidente da entidade, José Vlademir Ribeiro Marcondes, pontua que dezenas de profissionais da educação foram contaminados com a Covid-19 na primeira quinzena de junho, em Mato Grosso.

A situação de Rondonópolis é crítica, o Sipros já identificou que existem focos da doença nas Escolas estaduais Daniel Martins Moura, Dom Wunibaldo Talleur e Antônio Guimarães Balbino. “O risco de contaminação está gigante. Embora as aulas sigam pelo sistema remoto, os trabalhadores da educação estão nas unidades realizando atividades pedagógicas e também promovendo aulas online. O problema é que poucas escolas têm condições de manter os servidores numa situação de isolamento, que realmente apresente segurança. Já temos informações de contaminação em outras unidades. Do jeito que está, o trabalho dentro das escolas é inviável e totalmente arriscado”.

A diretoria do Sipros buscou sugestões para o problema com 60 profissionais da educação estadual. Entre as ideias estão a sanitização semanal das escolas e o revezamento dos servidores. “Acho que são alternativas viáveis, vamos encaminhar um ofício para o Estado, solicitando revisão nos protocolos de segurança da educação. A sanitização semanal é importante, uma vez que a eficácia desse tipo de limpeza, realizada com frequência, já foi comprovada pela ciência. A questão do revezamento também precisa entrar na pauta, uma vez que muitas escolas têm estrutura física mínima, para um isolamento, que se cumpra na prática. Não queremos paralisar atividades e muito menos prejudicar nossos alunos. Estamos apenas solicitando cuidados básicos com milhares de seres humanos”, completa Vladimir.

Números

De acordo com a Secretaria de Estado de Saúde, até o final da tarde de segunda-feira (14), foram confirmados 429.557 casos da Covid-19 em Mato Grosso. A quantidade de mortes registradas em decorrência do coronavírus chegou a 11.466, no Estado. A taxa de ocupação em leitos de UTIs está em 92,59%.

Via | Assessoria
(Visited 1 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta