Uma professora de música de Cuiabá tem feito serenatas para tentar alegrar e levar conforto para as pessoas que precisam ficar em isolamento durante a pandemia. Usando o instrumento ukulele, Roserlene Siqueira da Silva faz surpresa para os moradores.

A dona de casa Ana Lusia Florentino, de 67 anos, mora com a família em uma chácara na em Várzea Grande, região metropolitana de Cuiabá. Ela foi uma das pessoas que recebeu a homenagem.

“Foi a emoção mais linda que tive até hoje. Me surpreendeu, foi muito lindo. Minha atitude foi chorar, essa foi minha forma de agradecer”, disse.

Lusia contou que passou por muitos momentos difíceis ao longo da vida. Ela perdeu um filho há 15 anos por afogamento e ainda teve que enfrentar a perda de parentes para a Covid-19.

“Primeiro perdi meu irmão para a Covid. Em dezembro, perdi um primo e em fevereiro perdi minha irmã para Covid também. Em março, perdi minha cunhada, mas foi de infarto”, contou.

Por isso, a serenata chegou no momento certo para ela.

A professora Roserlene, responsável pela melodia, contou que esse é um trabalho que vem de família.

“Desde a época do meu avô, que depois passou para a minha mãe e para o meu pai que tocava violão e também fazia esse trabalho”, explicou.

Segundo ela, são quase dois anos fazendo serenatas e levando alegria em momentos onde muitas famílias estão sem forças para continuar.

Via | G1
(Visited 1 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta