Um jovem investigado por cometer, pelo menos, quatro estupros contra garotas de programa foi preso em flagrante na noite de sábado (29) em Sinop, a 503 km de Cuiabá.

Segundo a Polícia Civil, o jovem, de 22 anos, entrava em contato com as mulheres por meio de um site de relacionamentos para contratar acompanhantes e marcava os encontros.

O suspeito costumava levar as vítimas a um milharal, entre outros locais afastados da cidade. Além de estuprar as vítimas, ainda roubava o aparelho telefônico delas e chegou a deixar algumas vítimas completamente nuas.

Além da vítima do final de semana, ele é investigado pela Delegacia Especializada de Defesa da Mulher em mais três casos ocorridos da mesma forma, contra outras vítimas moradoras da cidade. Todas elas reconheceram o criminoso.

A equipe da Delegacia da Mulher de Sinop reuniu diversos indícios, desde o primeiro estupro, que auxiliaram os policiais a traçar um perfil do suspeito.

Ele agia sempre do mesmo modo para atrair as vítimas: usava uma motocicleta Biz, vermelha, de modelo antigo, para buscá-las.

Crime recente

Na noite deste sábado, a Polícia Militar foi acionada pelo familiar de uma vítima informando que a irmã havia aceitado fazer um programa com uma pessoa que entrou em contato com ela via aplicativo de mensagens.

Um tempo depois que a vítima saiu, ela entrou em contato com o irmão pedindo socorro e informando que o homem que contratou o programa a estava levando para um lugar afastado do centro da cidade e, logo em seguida, o celular perdeu o sinal.

O irmão da vítima tentou contato com ela, mas as ligações só caíam na caixa postal. Ele então fez contato com a polícia e passou a última localização onde a vítima poderia estar.

Diante das informações, os policiais seguiram até a Estrada Ruth, já na zona rural, onde localizaram a vítima pedindo socorro no meio da via.

Ela relatou o abuso sexual e informou que suspeito teria levado seu celular e ainda pediu para ela retirar a senha de acesso ao aparelho e a ameaçou de morte caso ela chamasse a polícia.

A vítima foi encaminhada ao hospital regional para ser medicada. Após o encaminhamento dela ao hospital, os policiais militares receberam informações da Polícia Civil sobre as características do suspeito em casos semelhantes e o endereço dele.

Os policiais o localizaram em frente a sua residência, ao lado de uma moto Biz vermelha e um celular semelhante ao da vítima na mão. Na abordagem, os militares constataram que se tratava do aparelho roubado da vítima e indagaram o suspeito, que confessou que cometeu o abuso.

Ele foi conduzido à central de flagrantes da Polícia Civil de Sinop, onde foi autuado e preso por estupro e depois encaminhado à penitenciária do município.

Via | PJCMT
(Visited 1 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta