Morreu nesta segunda-feira (17) Roberto César Arruda, 36 anos, assessor de Gabinete do desembargador Dirceu dos Santos, vítima de complicações da Covid-19, em Cuiabá.

Roberto estava internado em um hospital particular da capital, após ter sido contaminado pelo novo coronavírus.

O quadro de saúde se agravou e ele precisou ser transferido para um leito de Unidade de Terapia Intensiva (UTI), mas não resistiu e acabou morrendo.

Betão, como era conhecido, deixa esposa e três filhos.

O Tribunal de Justiça de Mato Grosso emitiu nota lamentando a morte do jovem.

Devido à pandemia não foi possível realizar o velório, mas amigos e familiares fizeram um cortejo às 16 horas, partindo da Praça do bairro Sangri-lá até o Cemitério Parque Bom Jesus de Cuiabá, no bairro Parque Cuiabá, onde ele foi enterrado.

Via | G1
(Visited 1 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta