O diretor administrativo da Câmara de Vereadores de Várzea Grande, Kleberson Feitoza Eustáquio, foi preso na noite deste sábado (10) por promover uma festa na casa dele com aglomeração de pessoas e por desacatar guardas e policiais que tentavam encerrar o evento.

De acordo com a Guarda Municipal de Várzea Grande, uma denúncia de moradores dizia que havia uma festa no local que as pessoas não respeitavam o distanciamento social.

O G1 não localizou o advogado do servidor público. A Câmara de Várzea Grande disse que não vai se pronunciar no momento porque se trata de um caso particular que ocorreu fora do âmbito do legislativo.

Segundo as forças de segurança, a situação ocorreu no bairro Jardim Paula 1. Os guardas flagraram diversas pessoas consumindo bebidas alcoólicas e sem respeitar o distanciamento social, além de não usarem máscaras de proteção.

Com 21 mil notificações, Várzea Grande é a terceira cidade de Mato Grosso com mais casos de Covid-19.

De acordo com a Guarda Municipal de Várzea Grande, uma denúncia de moradores dizia que havia uma festa no local que as pessoas não respeitavam o distanciamento social — Foto: Guarda Municipal de Várzea Grande
De acordo com a Guarda Municipal de Várzea Grande, uma denúncia de moradores dizia que havia uma festa no local que as pessoas não respeitavam o distanciamento social — Foto: Guarda Municipal de Várzea Grande

Identificado como proprietário da casa, Kleberson se recusou a entregar os documentos policiais e começou a ameaçar os guardas dizendo ‘vou atrasar sua promoção’. Equipes da Vigilância Sanitária estiveram no local e aplicaram multas pela aglomeração.

A Polícia Militar também foi chamada e o diretor também ameaçou os policiais.

Conforme a Guarda Municipal, Kleberson foi preso por desobediência, desacato e ameaça. Ele foi encaminhado à Central de Flagrantes.

Covid-19 em Mato Grosso

Mato Grosso registrou até este sábado (10), 328.805 casos e 8.530 mortes por Covid-19 segundo a Secretaria de Estado de Saúde (SES).

Do total, 12.804 estão em isolamento domiciliar e 305.369 estão recuperados.

Entre casos confirmados, suspeitos e descartados para a Covid-19, há 518 internações em UTIs públicas e 513 em enfermarias públicas. Isto é, a taxa de ocupação está em 97,92% para UTIs adulto e em 59% para enfermarias adulto.

Via | G1
(Visited 1 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta