A Agência de Fomento de Mato Grosso – Desenvolve MT recebeu nos dias 15 e 16 de março, mais de 4 mil solicitações de pedidos de crédito emergencial do Programa Mais MT, das linhas destinadas ao Microempreendedor Individual (MEI), e empresas do segmento de bares, restaurantes e eventos.

A grande demanda de solicitações ocasionou a sobrecarga no sistema impedindo novos cadastros. A plataforma digital já está operando normalmente e novas solicitações podem ser feitas normalmente.

Sobre as Linhas de Crédito

As linhas de crédito de capital de giro são destinadas a minimizar os impactos financeiros causados pela pandemia do coronavírus, de forma a colaborar com os empresários para que possam equilibrar o fluxo de caixa, repor estoques, pagar fornecedores, entre outros.

Para os Microempreendedores Individuais – MEI, o Governo do Estado de Mato Grosso vai liberar R$15 milhões. Cada tomador pode requerer até R$10 mil com juros a 2,5% ao ano. O prazo para pagamento do empréstimo é de até 24 meses e carência de até 6 meses.  Além desses benefícios, a linha ainda conta com um diferencial, se as parcelas forem pagas em dia o juros é zero.

Já para o segmento de bares, restaurantes e eventos, as Microempresas – ME e Empresas de Pequeno Porte – EPP, estarão disponíveis R$15 milhões. O valor para empréstimos será de até R$50 mil por empresa, com taxa de juros de 6% ao ano. Com as parcelas pagas em dia, o empresário terá os juros reduzidos para 4,80% ao ano a título de bônus de adimplência. O prazo para pagamento é de até 42 meses, com máximo de 6 meses de carência.

Importante destacar que em qualquer das linhas, as empresas devem atuar no Estado de Mato Grosso.

Quem pode solicitar o crédito?

Microempreendedor Individual (MEI)

O Microempreendedor Individual (MEI) de Mato Grosso, com no mínimo 03 meses de faturamento fiscal declarado poderá solicitar a linha de crédito. Os documentos exigidos são:

–  Da Pessoa Jurídica

– Certificado da Condição do Microempreendedor Individual (CCMEI)

– Comprovante de Endereço Comercial em nome da empresa – Deve ser atual e igual ao do cartão CNPJ. É aceito fatura de água, luz, telefone, boleto bancário ou correspondência bancária em nome da EMPRESA. Não será aceito o comprovante em nome de terceiros.

– Comprovante do faturamento fiscal: Declaração Anual do SIMEI do exercício de 2020 com o recibo de entrega da declaração. Não será aceita a declaração de faturamento feita por contador.

– Da Pessoa Física (Sócio)

– Documentos Pessoais (RG, CPF, Comprovante de Estado Civil e documentos do cônjuge, se casado);

– Comprovante de Residência;

– Comprovante de Renda.

Empresas do segmento de Bares, Restaurantes e Eventos

As micro e pequenas empresas do segmento de bares, restaurantes e eventos.

– Da Pessoa Jurídica:

– Documentos de constituição (contrato social ou similar);

– Comprovante de Endereço Comercial em nome da empresa – Deve ser atual e igual ao do cartão CNPJ. É aceito fatura de água, luz, telefone, boleto bancário ou correspondência bancária em nome da EMPRESA. Não será aceito o comprovante em nome de terceiros.

– Comprovante do faturamento fiscal:

– Se optante pelo Simples Nacional:  PGDAS – Declaratório do último mês com recibo de entrega.

– Não optante pelo Simples Nacional: Escrituração Contábil Fiscal – ECF do último exercício do exercício de 2019 ou 2020 com recibo de entrega.

– Da Pessoa Física (Sócio):

– Documentos Pessoais (RG, CPF, Comprovante de Estado Civil e documentos do cônjuge, se casado);

– Comprovante de Residência;

– Comprovante de Renda.

Como Solicitar o Financiamento?

Os interessados podem solicitar o crédito pelo site www.desenvolve.mt.gov.br  clicar no banner da linha de crédito de seu interesse localizado no topo da página. Ao clicar ele será redirecionado para o Portal de Crédito.

No portal de crédito, o empreendedor deverá cadastrar usuário e senha para dar início a solicitação de crédito. Ainda no portal, o empresário tem acesso ao tutorial de como solicitar o crédito digital em todas as etapas.

A solicitação acontecerá em quatro etapas

1. Criação de login e senha de acesso ao Portal;

2. Cadastro Online dos documentos solicitados para análise da empresa;

3. Escolha da Linha de Financiamento ou Empréstimo para definir as condições;

4. Gestão do Crédito para acompanhar a proposta até a liberação.

Após o cadastro, o que devo fazer?

Após concluir as duas primeiras etapas da solicitação, o empresário deverá aguardar a análise cadastral para dar sequência no processo e avançar para a terceira etapa, que é a escolha da linha e elaboração da proposta de crédito.

Nesta fase será definido o valor, a quantidade de parcelas e carência a serem contratadas.

Finalizada essa etapa de elaboração, a empresa passará pela análise de crédito, e deverá aguardar email informativo da situação e as instruções para os passos finais no Portal de Crédito, quanto a impressão, assinatura e registro do contrato em cartório.

Atendida às formalidades exigidas de acordo com as legislações vigentes, o contrato deverá ser entregue na Desenvolve MT para liberação do recurso.

Via | Assessoria
(Visited 1 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta