Um estelionatário foi preso nessa segunda-feira (22) ao se passar por médico para pedir dinheiro à mãe de um paciente com Covid-19 para transferi-lo em Barra do Garças, a 516 km de Cuiabá. O paciente, Rodrigo Carvalho Damaso de Souza, de 30 anos, morreu no domingo.

De acordo com a Delegacia de Roubos e Furtos (Derf), da Polícia Civil de Barra do Garças, um dia depois, a mãe de Rodrigo recebeu mensagens pelo WhatsApp de uma pessoa que se identificou como médico da unidade de saúde onde o filho estava internado, no Hospital Municipal Milton Pessoa Morbeck.

estelionatário tinha informações privilegiadas, como o nome do paciente e o nome da mãe dele. Ele disse que o estado de saúde de Rodrigo havia piorado e que o hospital não tinha equipamentos suficientes. Por isso, alegou que o hospital precisava fazer a transferência de forma urgente.

Um estelionatário foi preso nessa segunda-feira (22) ao se passar por médico para pedir dinheiro à mãe de um paciente, que já havia morrido com Covid-19, para transferi-lo em Barra do Garças — Foto: Divulgação
Um estelionatário foi preso nessa segunda-feira (22) ao se passar por médico para pedir dinheiro à mãe de um paciente, que já havia morrido com Covid-19, para transferi-lo em Barra do Garças — Foto: Divulgação

Nas mensagens, que mãe entregou à polícia, o golpista explicou o método para a suposta transferência, que ocorreria por meio de um seguro de saúde entre o estado e um plano particular.

Para isso, o falso médico pediu que a mãe depositasse o valor do pagamento da taxa da transferência: R$ 5 mil. O estelionatário ofereceu duas contas de banco à vítima.

A mãe, que havia acabado de enterrar o filho, procurou a delegacia e denunciou o caso.

Hospital Municipal Milton Pessoa Morbeck, em Barra do Garças — Foto: Ivan de Jesus/Centro América FM
Hospital Municipal Milton Pessoa Morbeck, em Barra do Garças — Foto: Ivan de Jesus/Centro América FM

Os investigadores localizaram um dos suspeitos e fizeram a prisão.

“A Polícia Civil de Mato Grosso alerta à sociedade que tenha cuidado ao receber mensagens ou ligações de pessoas se passando por médicos ou diretores de hospitais. Infelizmente as pessoas têm se aproveitado desse momento trágico que a população tem sofrido [Covid-19] para praticar golpes. As pessoas devem checar antes de, no desespero, transferir qualquer valor para quem solicitar”, orientou o delegado Joaquim Leitão.

Morte de Rodrigo

Rodrigo era universitário no Centro Universitário Unicathedral, em Barra do Garças. A instituição lamentou a morte do estudante.

Ele cursava o 10⁰ semestre do curso de engenharia civil, era casado e pai de um filho. Com a morte de Rodrigo, o número de óbitos por Covid-19 subiu para 173 em Barra do Garças.

Covid-19 em MT

A Secretaria Estadual de Saúde (SES) informou que 125 pessoas morreram vítimas da Covid-19 nas últimas 24 horas. O boletim foi divulgado nesta segunda-feira (22). Este é o recorde de mortes em um dia desde o início da pandemia, em março do ano passado.

Com isso, as mortes por Covid-19 no estado chegaram a 6.938.

O número de novos casos da doença também é alto em Mato Grosso. Nas últimas 24 horas, foram 3.130 novos registros. No total, o estado registra 289.823 casos de Covid-19.

Via | G1
(Visited 1 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta