Entenda porque é importante manter uma boa saúde alimentar do seu animal de estimação

Quando se trata da saúde do pet, é importante que seja feita uma boa alimentação para que a qualidade de vida dele esteja sempre em alta.

Uma alimentação balanceada e regrada oferece aos cães todos os nutrientes e vitaminas necessárias, seguindo a fase que ele se encontra, seja filhote ou adulto.

Isso porque as refeições influenciam diretamente na disposição, energia e saúde do cão. Quanto melhor for, mais saudável seu cachorro será por dentro e por fora também, evitando desde problemas com pelo até riscos de obesidade.

Assim como nós humanos, os cães precisam de alimentos que, além de saciar a fome, também irão trazer os benefícios necessários para seu organismo.

Baseado na estrutura física e anatômica do seu pet, é possível regrar uma série de refeições balanceadas, para otimizar também o bem-estar.

Porém, é muito comum ver tutores de cães que dão um agrado a mais para ele, e isso pode ser um erro grave dependendo do que se está oferecendo como petisco ou refeição.

Veja a seguir quais são os 8 maiores erros na hora da refeição do seu pet e como evitá-los.

Dar restos de sua comida para o cão

Se tem algo que não é indicado para uma dieta balanceada, é oferecer ao seu pet a sua comida.

A ração canina é feita de acordo com as necessidades nutricionais para evitar problemas com a saúde e o estômago.

Uma vez oferecida a comida humana, o cão tende a se acostumar e acabar ficando sem suas maiores necessidades, o que pode levá-lo à desnutrição e à obesidade.

Outro ponto negativo é que os temperos que costumamos utilizar nas nossas refeições, não fazem nada bem para o intestino do cachorro. Se consumidos a longo prazo, pode-se desenvolver tártaro.

Portanto, procure escolher rações que sejam direcionadas para as características do seu cachorro, já que é o jeito mais fácil e saudável de oferecer tudo que o organismo dele pede.

Misturar dois tipos de ração

Quando misturadas, as rações industrializadas podem perder o efeito dos benefícios oferecidos. Portanto, acostume seu pet a comer apenas um tipo de ração.

Além de não interferir nas necessidades do organismo do pet, a ração certa irá fornecer disposição e melhora na saúde dele.

Oferecer sua comida durante a sua refeição

Sabemos que os cachorros são campeões em fazer carinha de dó para conseguir um pouco da comida que está na mesa. Entretanto, não se render a essa fofura é o ideal para garantir a saúde e o bom comportamento do pet.

Além de ser um hábito que dá abertura para o cachorro entender que suas horas de comer também são as dele, a manha e o charme serão cada vez mais frequentes durante os dias.

Outro problema em oferecer a sua refeição é que, a alimentação saudável pode falhar. Fazendo com que o seu pet consuma muito mais calorias e fique com tendência a engordar.

Deixar a ração disponível o dia inteiro

Por serem animais com uma fome quase insaciável, eles costumam comer toda hora o que estiver disponível para eles.

O problema é que, quando consumidos em altas quantidades, eles ainda estão com risco de engordar. Então, evite deixar toda a ração à disposição dele e faça uma divisão durante todo o dia.

Quando filhote, você pode acostumá-lo, de forma saudável, com quatro refeições. Conforme ele for ficando mais velho, diminua a quantidade para apenas duas vezes por dia.

Oferecer petiscos muitas vezes ao dia

Dar alguns petiscos para o cão durante o dia pode ajudar na hora do treinamento e fazê-lo de uma forma fácil.

Além de ser um bom jeito de agradar o pet e estimulá-lo a te obedecer, é sempre importante lembrar que tudo em excesso faz mal. Então, consulte o veterinário responsável pelo seu cão, para saber a quantidade suficiente para o seu bichinho!

Dar suplementos alimentares sem necessidade

Alguns complementos alimentares são necessários para compor a quantidade de nutrientes no corpo do seu pet, porém é importante que ele precise desses suplementos.

Quando oferecido sem grande necessidade, estes suplementos aumentam a quantidade de calorias e nutrientes, fazendo o seu cão ganhar peso.

Não se esqueça de sempre consultar o seu veterinário para saber se suplementos estão sendo necessários no organismo do seu pet!

Escolher ração que não é direcionada para o seu cão

Hoje em dia é muito fácil encontrar uma grande variedade de rações direcionada para todos os tipos de cães.

É importante que a escolha de ração sempre bata com o porte, idade e raça do seu amigo de quatro patas.

Isso porque cada ração irá oferecer a quantidade de nutrientes e gorduras saudáveis certas para o seu pet, nem a mais e nem a menos!

É importante evitar que erros assim sejam cometidos, para garantir uma vida longa e saudável para o seu animal.

Dar ossos para o cão

Não é segredo para ninguém que os cães adoram mastigar ossos, inclusive, o mercado já disponibiliza ossos que são feitos especialmente para isso.

Porém, muitos donos oferecem aquele osso que sobra da sua refeição, e isso pode acabar sendo perigoso para a saúde do pet.

Os ossos de aves ou bovinos, quando mastigados pelo cachorro, soltam alguns pedaços que podem perfurar o estômago ou até mesmo o intestino do animal.

Além de fazer mal para os órgãos digestivos, os ossinhos também fazem mal para a saúde bucal do cão, por isso, evite ao máximo que o seu animal de estimação pegue um desses ossos.

Se acontecer algum acidente e o seu pet comer ossos em grande quantidade, leve-o para uma clínica veterinária 24h, para que os profissionais da área consigam ajudar.

Via | Assessoria
(Visited 1 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta