A Prefeitura de Marcelândia, a 712 km de Cuiabá, está fazendo uma campanha para arrecadar cilindros de oxigênio a partir de doações de oficinas mecânicas. Os equipamentos serão utilizados para atender infectados com Covid-19.

Atualmente, o município tem sete leitos de enfermaria destinados a atender os pacientes com a doença. Mas, de acordo com a secretária de Saúde, Tatiane Bulgarelli, devem ser abertos mais dez leitos nos próximos dias.

“Atualmente, os leitos funcionam em um anexo do Hospital Municipal e, dessa forma, conseguimos manter o oxigênio para os pacientes, até que sejam transferidos unidades de terapia intensiva (UTI), nas unidades de referência, na região norte de Mato Grosso”, explicou.

No entanto, a secretária afirma que estão faltando vagas na unidade de referência localizada em Colíder, assim como nos demais municípios da região. “A ideia de adquirirmos os cilindros é, justamente, para que consigamos manter os pacientes até que surjam vagas”.

Em Marcelândia, município com 10.440 habitantes, de acordo com o último Censo do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), registrou 819 casos suspeitos de coronavírus, desde o início da pandemia. Deste total, 134 foram confirmados e 13 moradores morreram vítimas da doença.

O município recebeu 614 doses de vacina. Até o momento, 233 profissionais da saúde foram vacinados, 264 idosos acima de 60 anos também já receberam a primeira dose, além de 22 idosos assistidos em instituições públicas.

Para melhorar o diagnóstico da doença, tendas foram montadas para que os moradores possam fazer testes, além disso, segundo a secretária, a cidade toda vem seguindo os decretos e normas deliberados pelo estado.

“Tanto a polícia, quanto nossas equipes de fiscalização estão na rua para fazer cumprir o que está estabelecido em decreto”, disse.

Via | G1
(Visited 1 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta