Por volta das 16h do sábado (6) o caminhoneiro colidiu  na traseira de uma motocicleta Kawasaki – cuja placa não foi identificada – e derrubado a passageira, próximo ao km 107, e seguido em frente, sem prestar socorro à vítima.

No entanto, o motociclista, de 49 anos, ficou pendurado no caminhão, segurando pelo retrovisor. Do local do acidente até onde foi abordado; o condutor percorreu cerca de 32km, com a moto presa na parte frontal do caminhão. Ele, inclusive, teria colidido em outros veículos de passeio. Mesmo com os sinais e apelos de outros motoristas, o motorista seguiu sem parar.

Segundo relato do motociclista, ele desmaiou com o impacto e permaneceu na moto. Assim que recobrou a consciência, foi escalando o caminhão, até chegar na porta do condutor.

A PRF solicitou o apoio da PMSC de Itapema-SC, para tentar abordar o caminhão, no Morro do Boi (km 139). No local, outro caminhoneiro conseguiu fazer veículo reduzir a velocidade e puxar a mangueira de ar dos freios, o que fez com que parasse completamente. No momento da abordagem, alguns usuários da via acabaram agredindo o condutor infrator, o que somente foi interrompido após a chegada das equipes da PM e PRF.

A passageira da motocicleta ficou caída no local do acidente, em estado grave, devido a um trauma cranioencefálico. Ela foi socorrida pelo helicóptero Arcanjo e encaminhada para atendimento médico, porém não resistiu e morreu no hospital.

O caminhoneiro, de 36 anos, fez o teste etilômetro e resultado foi 0.0 mg/l. Porém, o condutor foi encaminhado para Polícia Civil de Balneário Camboriú, por dirigir com capacidade psicomotora alterada. Diante do crime de trânsito, será lavrado um Termo de Constatação.

Foi constatado pela PRF que o caminhoneiro havia consumido cocaína.

Veja vídeo:

Via | Pomerode   Vídeo | Redes sociais
(Visited 1 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta