Uma equipe da Marinha do Brasil, composta pelos oficiais Leandro Lobo de Souza/Suboficial Lobo e pelo Capitão de Fragata Alessandro Lopes Fajard Oliveira/Capitão Fajard, realizaram visórias em balsas que operam na região do vale do Arinos na terça-feira (23).

A intenção é proporcionar segurança para o tráfego aquaviário, preservar a vida humana e evitar a poluição hídrica além de mostrar o que a Marinha do Brasil pode fazer para regularizar as embarcações que estão irregulares e condutores que não estão habilitados.

Durante as vistorias, 02 balsas foram interditadas na região, sendo uma em Juara, que faz a travessia para a linha Rodolfo Ferro, e a outra fica no Rio Arinos, com acesso via o km-13 na MT-220 em Porto dos Gaúchos, na dívida entre o município e Juara.

Durante as vistorias, ficou constatado que as balsas apresentavam algumas avarias em sua estrutura, comprometendo a navegabilidade como; estrutura de metal comprometida entrando água na embarcação, o que pode causar naufrágio a qualquer momento, ausência de coletes salva-vidas, boias de salvamento, dispositivos de flutuação e extintores, todos itens essenciais para a segurança tanto da tripulação quando dos usuários.

Os proprietários terão que regularizar as pendencias para voltarem a operar.

Via | Porto Notícias

(Visited 1 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta