Rondonópolis será o próximo município a ter implantado o Projeto “Água Para Futuro”, uma iniciativa do Ministério Público do Estado de Mato Grosso (MP) que tem como objetivo mapear e preservar nascentes. Em uma reunião realizada na tarde desta quarta-feira (25) o prefeito José Carlos do Pátio esteve junto aos órgãos ambientais e os representantes do MP e firmou o compromisso de ajudar no projeto, unindo a Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Ongs, a essa ação do MP.

“Rondonópolis é um exemplo em preservação ambiental, já temos projeto de recuperação que tem atuado no rio Arareau e podemos afirmar que 48 nascentes estão sendo recuperadas através das ongs e dos órgãos ambientais. O MP pode contar com a nossa parceria, quero que essa proteção seja intensificada na cidade, vamos envolver todas as equipes para que a ação seja um sucesso”, declarou Pátio.

O Projeto “Água Para Futuro” já foi implantando em outras cidades de Mato Grosso, entre elas, Cuiabá e Várzea Grande e essa interiorização do projeto é uma das iniciativas estratégicas previstas no Planejamento do MP MT para o quadriênio 2020-2023.

O projeto prevê o desenvolvimento de pesquisas, realização de diagnósticos e monitoramento das nascentes e cabeceiras, bem como da fauna, flora e indicadores da integridade biótica nos locais, de modo a subsidiar ações de proteção aos recursos hídricos. O trabalho já terá início nesses próximos dias e a expectativa é que em Rondonópolis se tenha quase 3 mil nascentes que precisam ser preservadas. Ao serem mapeadas, os dados vão para um sistema e depois serão disponibilizadas em um aplicativo que será possível ser visto mundialmente.

A ideia é que o MP encontre a nascente, identifique o dono da propriedade para que seja feito um acordo de recuperação custeado pelo proprietário da área e caberá ao MP acompanhar todo essa ação.

Essa articulação de levar o projeto para outros municípios é coordenada pelo promotor de Justiça, Marcelo Caetano Vacchiano e conta com o apoio do promotor de Justiça do Meio Ambiente de Rondonópolis, Ari Madeira.

Via | Assessoria   Foto | Wheverton Barros

(Visited 1 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta