Adilton Sachetti deixou a Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Beneficência Portuguesa, em São Paulo, na segunda-feira (22) e segue o tratamento para recuperação da Covid em um quarto.

Ele ficou 31 dias internado na UTI e 23 dias intubado. Nesse período, Sachetti apresentou problemas nos rins e precisou passar por hemodiálise.

Além de ter sido eleito deputado federal em 2014 e administrar Rondonópolis entre 2005 e 2008, Sachetti também  presidiu o Sindicato Rural de Rondonópolis e a Associação Mato-grossense dos Produtores de Algodão (Ampa).

No Governo Blairo Maggi,  foi diretor da Agecopa. Ele concorreu ao Senado em 2018, ficando na quarta colocação. Atualmente, ele é presidente estadual do Partido Republicanos.

Via | Redação   Foto | Internet

(Visited 1 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta