O Comitê de Gestão de Crise aprovou a retomada das atividades presenciais nas instituições de ensino particulares, da creche à graduação superior, em Rondonópolis.

Por meio do decreto 9.919, a Prefeitura autoriza a realização de aulas presenciais desde terça-feira (16), observando e cumprindo com todas as exigências de prevenção a covid-19 e do plano de contingenciamento aprovado pelo Comitê.

O retorno das aulas presenciais pode acontecer no chamado formato híbrido, onde os alunos que optarem pela volta para a sala de aula terá garantido o cumprimento das regras de distanciamento social respeitado o limite de 50% da capacidade das salas de aula e caso seja necessário com alternação de turmas. As escolas devem continuar transmitindo as aulas de forma remota para atender aqueles que optarem por continuar estudando em casa.

Para que a volta às aulas aconteça de forma segura para alunos, professores e funcionários, as unidades de ensino particulares passaram por uma inspeção da autoridade sanitária do município, visando o cumprimento dos protocolos de segurança contra o novo coronavírus. O decreto incluiu ainda estabelecimentos educativos de apoio pedagógico ou de cuidado com crianças – creches e pré-escolas.

O decreto 9.919, de 15 de fevereiro desse ano, traz em seu anexo I uma extensa lista de itens que devem ser cumpridos pelas instituições de ensino para que a retomada das atividades presencias aconteça de forma segura. Higienização das mãos, uso de máscara de proteção individual e aferição da temperatura corporal na entrada da instituição de ensino são alguns dos itens obrigatórios contidos no decreto. Os mesmos cuidados são exigidos de funcionários, pais ou qualquer pessoa que adentrar no estabelecimento.

O anexo do decreto lista ainda uma série de itens com orientações e recomendações sobre os cuidados relacionados com os funcionários, pessoas com suspeita de contaminação, manutenção da higiene do ambiente de trabalho, transporte escolar, instalações de ar-condicionado sanitários.

Comitê observa que o Plano de Contingenciamento para retomada das aulas presenciais na rede privada pode ser revisto e alterado a qualquer momento, conforme a evolução epidemiológica da covid-19 em Rondonópolis. Na rede pública de ensino do município, o ano letivo começou essa semana com atividades somente não presenciais no sistema apostilado.

Via | Assessoria

(Visited 1 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *