Há 10 anos na função de eletricista, Luciano dos Santos Silva felizmente nunca sofreu nenhum acidente grave. A boa experiência no ramo não o isentou de ir em busca de conhecimento e de mais capacitação para se manter no mercado. O trabalhador foi um dos alunos que participou do curso da Norma Regulamentadora 10, em Tapurah.

Ministrado pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Rural de Mato Grosso (Senar-MT) em parceria com o Sindicato Rural do município, o treinamento tem o objetivo de ensinar a legislação que rege os serviços que envolvem o setor de energia elétrica. “A NR10 nos ensina que a segurança vem em primeiro lugar na área elétrica, assim como nas outras áreas no meio rural”, afirma o aluno.

O presidente do Sindicato Rural de Tapurah, Dirceu Dezem, acredita que essa é uma forma de aplicar a lei. “É uma maneira de tomar conhecimento da lei e aplicá-la, além de que os produtores enxergam a diferença entre os funcionários que fizeram o curso e os que não fizeram. Contribuir para levar esse conhecimento é recompensador”.

Segundo a instrutora credenciada junto ao Senar-MT, Valéria Eller, a aplicação da Norma amplia o conhecimento dos trabalhadores e reduz o risco de acidentes com a rede elétrica. “O choque elétrico é o perigo mais conhecido em eletricidade, no entanto não é o único. Outros riscos como queda e arco elétrico devem ser considerados”, destaca.

Segundo a instrutora, a falta de informação dos trabalhadores na área é uma das principais causas de acidentes. “Considero um funcionário treinado, como um colaborador que será mais fácil de ser cobrado para que faça de maneira correta o serviço e retorne para sua casa com vida e saúde”.

NR 10 – A capacitação na Norma é obrigatória para todos aqueles que trabalham com eletricidade. O Senar-MT oferta a capacitação de forma gratuita para que trabalhadores e empregadores estejam em conformidade com a legislação.

Via | Assessoria Senar-MT

(Visited 1 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta