O deputado estadual Thiago Silva (MDB) fez um requerimento na última semana para a Secretaria de Estado de Educação apresentar informações referente à taxa de analfabetismo em Mato Grosso, com ano base em 2020. O parlamentar cobra maior atuação do Estado nas políticas para diminuir o número de analfabetos nos 141 municípios.

O parlamentar fez a cobrança na tribuna da Assembleia Legislativa e apresentou argumentos que mostram que o Estado aumentou sua capacidade de investimento no último ano e precisa evoluir nesta importante política pública de incentivo a aprendizagem e permanência de crianças e jovens na escola.

De acordo com dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), Mato Grosso registrou a maior taxa de analfabetismo da região Centro-Oeste, em 2018, com 7,5%, considerando a faixa etária de pessoas com 15 anos ou mais. Esse índice é maior que a taxa nacional de 6,8%.

O parlamentar elogiou o trabalho do Governo em recuperar as finanças do Estado, pois em dois anos de gestão conseguiu colocar as contas em dia e o Estado de volta “nos trilhos” para realizar investimentos em áreas essenciais para a população.

“O PIB de Mato Grosso cresceu 12% no ano passado e para este ano cerca de 16% da receita corrente líquida será direcionada para investimento, então pedimos que o Governo possa investir de forma prioritária em políticas de combate a analfabetismo e o incentivo a educação estadual”, disse Silva.

A principal preocupação do deputado é o novo sistema de ensino à distância piorar o índice do Ideb estadual, e a qualidade da educação, por isso o Estado precisa investir na tecnologia educacional e atender todas as regiões de Mato Grosso.

Silva é autor do projeto de lei 651/2020 para a criação do PAEB – Programa de apoio a educação básica, concedendo isenção de ICMS nas operações de entrada e saída de computadores e criação de linha de crédito para aquisição de computadores por parte de alunos e professores, em virtude da situação da pandemia coronavírus e a dificuldade da comunidade escolar ter acesso a tecnologia. O projeto está apto para apreciação do parlamento e o deputado Thiago tem cobrado celeridade na votação da pauta.

Via | Assessoria

(Visited 1 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *