As obras da reforma e readequação da Escola Municipal Rural 14 de Agosto, localizada no km 07 da rodovia MT-130, mais especificamente no Assentamento Chico Mendes foi concluída e deverá ser entregue oficialmente a comunidade nos próximos dias.

A extensa reforma da escola, foi início já no começo de 2020 e custou aos cofres públicos a quantia de R$: 711.556,55 das reservas do município.

Segundo informações repassadas pela fiscal da obra, engenheira civil da Secretaria de Educação, Paula Vitória Arantes, a referida unidade passou por uma ampla reforma e readequação geral.

Como a unidade possui uma grande estrutura composta por: 08 salas de aula, 1 sala de informática, 1 sala dos professores; secretaria; diretoria, 2 depósitos, 1 brinquedoteca, 3 banheiros de uso comum, 2 banheiros dos alunos, 1 banheiro na cozinha, 1 cozinha, 1 despensa, área de serviço, 1 quarto para motorista da escola, 1 sala para professor de projetos, e um pátio central com palco e quadra poliesportiva, os prazos dos trabalhos acabaram sendo dilatados.

Conforme a fiscal, foram trocadas todas as portas, janelas e forro em réguas de PVC da unidade; foi pintada a caixa d’água, e foram trocadas as telhas cerâmicas. Também foi instalado ainda um alambrado e construído passeio (calçada) ao redor da unidade e, instalado um portão de ferro.

Foram instaladas calhas e tabeira metálica para beiral nos locais onde não havia, e construção/instalação de grelhas nas calhas. Também foi realizada a remoção/extração do revestimento cerâmico do piso existente, e a respectiva substituição por granilite.

A prefeitura executou reparos na quadra poliesportiva como lixamento e pintura de todo piso e arquibancadas, bem como instalados aros p/ cesta de basquete. Foi executada pintura em toda área interna e externa, além da troca das luminárias e parte da instalação elétrica da escola.

Além disso, foi construído um posto de transformação para acomodar equipamentos elétricos como, chaves elétricas, transformador, etc., e construída a casa do gás, que abriga os botijões de gás da cozinha.

Os banheiros também passaram por uma ampla reforma, na parte elétrica e hidráulica, onde foram trocadas as torneiras e louças, como também foram trocados os extintores de incêndio.

Ainda conforme a Fiscal Paula Vitória, a parte civil da reforma da escola está concluída, no entanto para ser entregue a comunidade, o município aguarda a liberação dos trâmites legais da ENERGISA, que deve avaliar e aprovar o posto de transformação elétrica, recém-construído.

Agora com a escola toda reformada, e assim que a situação voltar a normalidade, com o retorno as aulas presenciais depois da pandemia, os alunos e servidores vão ter um local mais acolhedor, totalmente renovado, com melhores condições de trabalho e melhor oportunidade de aproveitamento do processo ensino/aprendizado.

Via | Assessoria

(Visited 1 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta