As aulas na rede estadual de ensino de Mato Grosso começaram nesta segunda-feira (08.01). Ainda longe das salas de aula, devido à pandemia da Covid-19, estudantes de diversas escolas receberam mensagens de boas-vindas, carregadas de esperança. Diretores e professores da rede prepararam vídeos, reforçando que apesar de todas as dificuldades e incertezas que surgiram com a pandemia, a aprendizagem não pode parar e, com a união de forças, é possível vencer os obstáculos.

Hoje, a rede estadual de ensino conta com 731 escolas, que foram preparadas, desde dezembro do ano passado, para este retorno. Por meio de grupos de whatsapp, muitos professores já começaram a manter contato com os alunos há algumas semanas.

A partir desta semana, as escolas finalizam as formações de turmas, com atribuição de professores. Muitos já podem se encontrar na plataforma virtual, o Classrrom. Todos os professores e alunos já tiveram seus e-mails criados pela Secretaria de Estado de Educação (Seduc-MT) e a descoberta deste novo instrumento tecnológico se amplia a cada dia.

Secretário de Estado de Educação, Alan Porto enfatizou a alegria de ver as mensagens criadas pelos educadores de Mato Grosso, que voltam a transmitir seus conhecimentos aos mais de 350 mil crianças e adolescentes já matriculados.

“O momento não é ainda o que sonhamos. Queríamos que hoje todos os nossos estudantes e profissionais estivessem de volta às salas de aula. Mas a pandemia ainda não nos permite. Precisamos ter calma, lembrando que a saúde de todos é o bem mais precioso. Mas vamos continuar trabalhando para que a educação não pare, com a certeza de que muito em breve estaremos todos juntos novamente, com segurança e com muita determinação que vemos em todos os nossos educadores”.

Alan Porto ainda faz um apelo aos pais que ainda não realizaram as matrículas. “O apoio da família é fundamental para nossas crianças e adolescentes. Por isso, peço que todos os pais nos ajudem nesta luta. Matriculem seus filhos”.

A partir do próximo dia 18, as escolas estaduais começam a entregar os kits alimentação e, para receber, é preciso estar matriculado.

Mensagens

Enquanto o reencontro do primeiro dia de aula, marcado sempre pelos abraços, não é possível, a direção e os professores da Escola Estadual Alexandre Leite, em Ribeirão Cascalheira, prepararam um vídeo motivador da comunidade escolar.

“O desafio é grande, mas a união também é. A educação acontece em todo o tempo e espaço. O cenário atual nos pede cuidados e no momento atual não podemos estar juntos, mas não podemos deixar que a educação pare”.

Ao som de “O Caderno”, de Chico Buarque, a equipe emocionou os alunos com imagens dos tempos em que os abraços eram mais que permitidos e que estar próximo era o mais comum.

A equipe da Escola Arlindo Estilac Leal, no município de Nova Xavantina, também fez vídeos para a abertura do ano. A música escolhida foi “Enquanto houver sol”, dos Titãs. A mensagem começa com a seguinte frase: “A diferença se faz com a união de todas as forças. E você é uma delas. Seja bem-vindo”.

Os professores foram apresentados em um dos vídeos e ao final, a afirmação: “É sabido que estamos exaustos de vivenciar tantas incertezas e não saber quando o cenário irá se firmar, mas sabemos da extrema importância de trabalhar esse novo olhar, o Reinventar”.

Via | Assessoria

(Visited 1 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta