A Secretaria Municipal de Meio Ambiente – SEMMA está realizando um importante trabalho de preservação, conservação e recomposição de áreas públicas, entre elas áreas verdes e APPs – Áreas de Preservação Permanentes degradadas na cidade.

Para tanto, a Secretaria iniciou recentemente os trabalhos de recuperação e preservação ambiental, realizando limpeza, remoção do lixo e recomposição de uma área pública e de preservação permanente localizada na confluência dos córregos: bambu e patrimônio, na região do Jardim Ipanema, onde foram recompostos um total de mais de 13 mil metros quadrados e realizado o plantio até o momento de 3.100 m² grama.

Ali, conforme relatos do Assessor dAnálise Ambiental, João Copetti, equipes da SEMMA e parceiros contratados, realizaram trabalhos de limpeza da área verde onde predominava a presença de mato, entulho e lixo, descartados irregularmente por moradores, e que criava um ambiente favorável a proliferação de insetos, animais peçonhentos, bem como, mosquitos vetores de doenças, como: o “aedes aegypti” da dengue, zica e chikungunya, bem como, ainda servia para descarte irregular de resíduos sólidos.

Olhando pelo lado da segurança pública, esses referidos locais ainda serviam como esconderijo para marginais e criminosos se esconderem e ocultarem objetos roubados e ou furtados na região, entre outros.

Ainda conforme Copetti, “com a limpeza dessas áreas, e o plantio de grama se encerram esses problemas e cria novo ambiente, não só visual, mas, de qualidade ambiental, que acaba refletindo diretamente na qualidade de vida dos moradores da área e do seu entorno, bem como, os que por lá transitam ao longo dos dias”, disse.

Assessor repassou ainda que já estão sendo feitos levantamentos técnicos para recomposição da cobertura vegetal através da urbanização e paisagismo com a consequente arborização da área.

RESIDENCIAL PE. LOTHAR

Uma segunda ação de preservação e recomposição da vegetação foi realizada no Residencial Pe. Lothar, mais precisamente, na rua Rio Branco, Quadra 06, onde uma área de aproximadamente 14 mil m2, anteriormente já gramada, acabou recebendo um trabalho de enriquecimento arbóreo.

No local foram plantadas 31 exemplares nativas, sendo: 11 Ipês, 10 Aricás e 10 Jacarandas. Esse trabalho a médio e longo prazos, vai produzir efeitos significativos para a melhoria da qualidade de vida dos moradores, pois disponibilizará mais beleza visual, mais sombra, mais oxigênio, e ar puro.

Nas próximas semanas a Secretaria pretende iniciar novas frentes de trabalho, atuando em outras áreas que também carecem da atenção do poder público, como uma área do Jardim Reis que no dia 06, receberá o serviço de recomposição arbórea (plantio de árvores).

Via | Assessoria

Estamos no Facebook Instagram e Twitter

(Visited 1 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta