O Ministério Público do Trabalho em Mato Grosso (MPT-MT) e a Justiça do Trabalho destinaram cerca de R$ 63 mil para o projeto “Entidade Solidária”, apresentado pelo Centro de Reabilitação Louis Braille, localizado em Rondonópolis.

Os valores foram destinados para a aquisição de alimentos (carne de frango, ovos e leite), gás de cozinha, álcool em gel e fraldas descartáveis, em benefício de 150 famílias de baixa renda que recebem apoio da entidade.

O Centro de Reabilitação Louis Braille atende atualmente 204 pessoas com deficiência visual ou múltiplas deficiências, de todas as idades, que residam em Rondonópolis e em regiões próximas. Os alunos, em sua grande maioria, são oriundos de famílias em situação de vulnerabilidade social, e são encaminhados por médicos, pelo Centro de Referência da Assistência Social (Cras), por escolas, entre outros.

A procuradora do MPT Louise Monteiro Gagini explica que o projeto foi contemplado porque visa assegurar à pessoa com deficiência a efetivação dos direitos relativos à vida, à alimentação, à dignidade, ao respeito, conforme previsto no art. 8º da Lei Brasileira de Inclusão da Pessoa com Deficiência (Lei 13.146/2015).

ExTiEx 0000639-61.2018.5.23.0021 

Via | Assessoria TRT-MT
(Visited 1 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *