Uma chuva registrada em Cuiabá na manhã deste domingo (10) alagou o antigo Pronto Socorro de Cuiabá, encheu o córrego 8 de Abril e afundou parte do asfalto de algumas avenidas da capital. Na região Avenida Tenente Coronel Duarte – Prainha -, um carro precisou ser empurrado por moradores após ter pane devido à chuva.

Em nota, a Secretaria Municipal de Obras Públicas informou que a Prainha receberá uma nova ação de manutenção nas bocas de lobo para evitar alagamentos. A pasta diz ainda que tem realizado o serviço de limpeza das bocas de lobo distribuídas em todas as regiões da cidade.

“Esse trabalho é diário e, conforme relatório da Secretaria, tem resultado em uma média de 115 manutenções por mês. Temos trabalhado continuamente, de forma preventiva, para sanar os impactos ocasionados pela chuva”, diz.

Córrego 8 de Abril encheu após chuva forte em Cuiabá

Imagens registradas por moradores da cidade mostram as ruas completamente alagadas e parte do asfalto sendo levado pela água que encheu o córrego.
Córrego enche durante chuva em Cuiabá — Foto: Reprodução

Córrego enche durante chuva em Cuiabá — Foto: Reprodução

De acordo com a prefeitura, foi montada uma força-tarefa nas quatro regiões da cidade, inclusive aos fins de semana, para realizar a manutenção das avenidas.

Água da chuva invadiu antigo Pronto Socorro de Cuiabá — Foto: Reprodução

Água da chuva invadiu antigo Pronto Socorro de Cuiabá — Foto: Reprodução

Hospital alagado

O antigo Pronto Socorro de Cuiabá, atual Hospital de Referência para Covid-19 também ficou alagado durante a chuva.

Corredores, quartos e até o elevador da unidade de saúde foram invadidos pela água.

A Secretaria Municipal de Saúde informou, em nota, que não houve prejuízos ao tratamento dos pacientes, que estão devidamente acomodados e assistidos.

Ainda segundo a secretaria, existe um projeto para uma grande reforma no local para ser transformado no Hospital da Família, mas neste momento de enfrentamento ao coronavírus é necessário que o prédio seja usado para os pacientes.

Via | G1

(Visited 1 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *