Demilson Borges Prado, 47, foi morto a tiros por um assaltante, durante roubo em uma loja de pneus na avenida da FEB, em Várzea Grande, no começo da noite de terça-feira (29). Vítima chegou a ser socorrida, mas não resistiu e morreu em uma unidade de saúde. Duas pessoas foram presas e um menor apreendido.

Polícia Militar narrou que foi acionada por volta das 19h, via 190, para um roubo em andamento em uma loja de pneus. Segundo a denúncia, um funcionário havia sido baleado.

Quando chegaram no local, policiais foram informados que a vítima foi socorrida pelos colegas de trabalho e encaminhada para a Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) do Cristo Rei, mas Demilson não resistiu e acabou morrendo.

Em diligência, PM foi informada pela Guarda Municipal que um suspeito havia sido detido. Segundo a polícia, ele é menor, de 17 anos e foi o autor do tiro. Outros dois suspeitos estavam sendo procurados.

Um dos criminosos faz uso tornozeleira eletrônica e passou a ser rastreado. Em rondas pelo bairro da Manga, chegaram até a casa de uma mulher de 30 anos, que omitiu informações sobre o suspeitos, que tinha passado pelo local conforme registro da tornozeleira.

Porém, o assaltante já estava em outro ponto da cidade. Sendo perseguido e encontrado dentro de uma casa. Ele até tentou se esconder e resistiu ao ato de prisão, mas acabou sendo imobilizado pelos policiais. A arma de fogo usada no crime foi apreendida. Polícia Civil vai investigar o caso.

Via | Gazeta Digital

(Visited 1 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *