O ex-bicheiro João Arcanjo Ribeiro conseguiu autorização do juiz Geraldo Fidelis, da 2ª Vara Criminal Especializada de Execuções Penais de Cuiabá, para uma viagem de oito dias pelo país.

“Autorizo o penitente a se deslocar para comarcas diversas, em território nacional, enquanto vigente o regime aberto, desde que comunicado previamente nos autos o deslocamento por prazo não superior a 08 (oito) dias”, decidiu o Fidelis.

O pedido dos advogados de Arcanjo é para este mês de dezembro. O Ministério Público Estadual (MP) se manifestou favorável ao pedido, desde que sejam informados à Justiça os locais de destino com as datas de deslocamento.

Desde o mês de outubro, ele cumpre regime aberto e sem monitoramento tornozeleira eletrônica. O ex-bicheiro ficou preso 15 anos, sendo 10 em Penitenciárias Federais de Segurança Máxima.

Esta será a segunda vez, desde que foi solto, que o ex-bicheiro aproveita o fim de ano passear.

No último dia 22 ele visitou Rondon Plaza Shopping, em Rondonópolis, com os sócios Áureo Cândido Costa e Fábio Ribeiro da Fonseca.

Arcanjo, acompanhado da família, vistoriou o local, conheceu a parte ampliada de lojas e franquias.

Após 15 anos preso, Arcanjo foi solto em setembro do ano passado e cumpre o semi-aberto. Arcanjo foi condenado a 82 anos de prisão por diversos crimes, entre eles o assassinato do dono do Jornal Folha do Estado, jornalista Sávio Brandão. Depois de anulada a condenação pela morte do empresário Rivelino Brunini, ficou com a pena de 38 anos e 4 meses de prisão.

Via | RMT

(Visited 1 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *