Operação no residencial faz parte de uma ação de reintegração de posse da área e foi feita em parceria com as Polícia Federal e Militar.

Moradores do Residencial Colinas Douradas, em Várzea Grande, região metropolitana de Cuiabá, estão sendo retirados do local nesta quarta-feira (16). Dias antes, tiveram a energia cortada por causa de ligações clandestinas na rede elétrica. O local abriga mais de mil famílias.

Policiais militares cumprem as ordens judiciais e orientam a saída dos moradores.

Em nota, a concessionária Energisa disse que as ligações no residencial foram feitas de forma irregular e sem consentimento da empresa, trazendo riscos à população que mora na região e impactando no fornecimento dos moradores próximos ao local.

A ação é configurada como furto de energia elétrica.

De acordo com a empresa, no local, há uma invasão de propriedade particular, situação que vai além da ação isolada da Energisa. Em setembro deste ano, uma ação judicial determinou que moradores que invadiram a área deixassem as casas.

Nesta semana, a concessionária de energia retirou as conexões que foram colocadas na rede elétrica sem autorização.

Conforme regulação que rege o setor elétrico, cabe à concessionária fiscalizar e atuar para que ligações dessa natureza não ocorram.

A operação no residencial faz parte de uma ação de reintegração de posse da área e foi feita em parceria com as Polícia Federal e Militar.

Via | G1

(Visited 1 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *