A duplicação e modernização da Avenida Poguba, localizada na região da Vila Goulart e que sempre foi motivo de preocupação para os moradores que residem nas imediações, está sendo finalizada.

A prefeitura retomou os trabalhos no local e a obra de 2,5 quilômetros de extensão da via situada entre as rotatórias das avenidas Otaviano Muniz e Francisco Goulart, já se encontra com 60% concluída. O valor estimado da mesma gira na casa do R$ 6.731.655,67.

Inicialmente a empresa licitada executava a obra utilizando recursos do Governo Federal, via Ministério do Turismo; todavia, por conta de atrasos e falta desses repasses financeiros na conta vinculada ao contrato, e, para contornar a situação, a prefeitura resolveu reiniciar a obra com recursos próprios do Município.

Para isso, a administração municipal conseguiu a autorização e a liberação da Caixa Econômica Federal para retomar a obra que agora, está sendo custeada com recursos do município.
Conforme a prefeitura, o investimento feito deverá posteriormente ser ressarcido pelo Governo Federal visando não prejudicar as finanças do município.

O QUE ESTÁ SENDO FEITO

De acordo com a Sinfra, o objeto do contrato era a execução de duplicação e pavimentação asfáltica tipo CBUQ nos 2,5 km de extensão; com a respectiva construção de obras de drenagem profunda e superficial de águas pluviais; bem como, construção de calçada com acesso ao PNE; pista de caminhada; sinalização viária de trânsito horizontal e vertical; ciclovia e, iluminação ao longo da Avenida Poguba.

Ainda conforme a Sinfra estão sendo executados 2.077,5 m de drenagem profunda (colocação de manilhas no subsolo ao longo da pista) e, 10.143,54 m de drenagem superficial na extensão do pavimento (nas quatro pistas de ida e volta).

De outro modo, finalizadas as obras de drenagem, será iniciada a preparação do solo com a sub-base, e base, quando então, será feita a aplicação da pavimentação asfáltica propriamente dita.

Depois de pronta, essa via deverá se constituir num importante cartão-postal da cidade, bem como, uma importante artéria de ligação e mobilidade urbana desafogando o tráfego entre a região central e alguns bairros da cidade.

Fonte | Assessoria   Foto | Wheverton Barros

(Visited 1 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *