No momento de registrar o voto, o eleitor pegou o celular e tirou uma foto. O ato é considerado crime eleitoral por violar o sigilo do voto.

Powered by Rock Convert

Um eleitor foi preso por fazer uma selfie na cabine de votação da Escola Apolônio Bouret de Melo, em Paranatinga, neste domingo (15). A polícia foi acionada pela mesária do local.

De acordo com a Polícia Militar, no momento de registrar o voto, o eleitor pegou o celular e tirou uma foto. O ato é considerado crime eleitoral por violar o sigilo do voto.

Policias militares foram ao local e encaminharam o suspeito à delegacia. O celular dele também foi apreendido e deve ser confiscado.

O caso será acompanhado pela Polícia Civil.

Fonte | G1

(Visited 1 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *