Bombeiros ainda fizeram um tornoquite, porque a vítima, de 65 anos, perdia muito sangue, mas não conseguiram salvá-la

Um homem, identificado como Gildásio Menezes da Silva, de 65 anos, morreu após tombar a carreta que conduzia, na quarta-feira (21), na Serra do Cachimbo, rodovia de transição entre Mato Grosso e Pará. A vítima transportava uma carga sentido Pará.

Segundo o Corpo de Bombeiros Militar (CBM), Gildásio ficou preso às ferragens e foi socorrido pelos bombeiros. A vítima ficou com as duas prensadas nas ferragens e uma teve que ser amputada.

Ele foi retirado com vida e encaminhado para o Hospital de Guarantã do Norte (715 km da Capital), no entanto, pela gravidade dos ferimentos morreu no caminho. Os bombeiros chegaram a realizar um torniquete, pois Gildásio perdia muito sangue.

Acredita-se que o motorista perdeu o controle do veículo, no entanto, as circunstâncias do acidente são apuradas pela Polícia Civil.

A vítima é natural de Sorriso (420 km de Cuiabá), e será sepultada na cidade natal.

Fonte | Repórter MT

(Visited 1 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *