O Projeto Unemat Cultural e o Grupo de Estudos em Direitos Fundamentais e Interdisciplinaridade (Gedifi) do curso de Direito da Universidade do Estado de Mato Grosso (Unemat) realizará o curso ‘Música, Teatro e Cultura Popular: Resinificando saberes e aprendizados’, com objetivo promover a arte aos cidadãos com minicursos que viabilizarão a ampliação do conhecimento das artes, bem como a ressignificação de metodologias de ensino e de aprendizagem artística da música e do teatro. O curso versará sobre o aprimoramento de ambas as artes nas atuações individuais e coletivas e propiciar melhorias metodológicas para o trabalho docente.

Concernente à música o maestro Teógenes Fernandes Sá, professor de diversos instrumentos musicais, abordará a importância da orquestra musical nas instituições de ensino, o papel do maestro, os principais instrumentos e suas funções, esclarecerá ainda sobre a musicalização infantil e os mecanismos de aprendizagem da flauta doce e do violino.

Os professores Higor Antonio da Cunha licenciado em artes, especialista em Arteterapia pela Universidade Cândido Mendes, mestrando em Educação pela Universidade Federal de Mato Grosso – UFMT. Thamara Parteka, mestra em história, pedagoga e mestranda do Programa de Pós-graduação em Educação da UFMT, atuante na linha Infância, Juventude e Culturas Contemporâneas versarão sobre cultura popular, arte na educação, interação eu, outro e o espaço na atuação cênica. “Precisamos valorar a cultura, propiciar mais o conhecimento das artes, em suas diversas manifestações, bem como promover ações educativas na educação básica e na sociedade para que não percamos a essência das culturas populares, étnicas e regionais”, afirmam os professores Éverton Neves dos Santos e Elizangela da Rocha Fernandes, idealizadores do projeto Unemat Cultural: Universidade, Cultura e Sociedade.

O curso ‘Música, Teatro e Cultura Popular: Ressignificando saberes e aprendizados’, ocorrerá nos dias 19, 21, 22, 23, 26 e 28 de outubro, sempre às 19 horas, pela plataforma Google Meet. A carga horária é de 30 horas. Os participantes necessitam de um mínimo de 75% de frequência.

Os interessados podem se inscrever gratuitamente até o dia 16 de outubro, pelo link: https://forms.gle/cVW6THVpEEHMUggw5. As vagas são limitadas.

PROGRAMAÇÃO:

19 e 23 de outubro
Arte na Educação: Contribuições para uma Educação de sensibilidade

21 e 22 de outubro
A música e a orquestra na atualidade

26 de outubro
Eu, o outro e o espaço: O teatro na ressignificação do corpo

28 de outubro
A flauta doce e o violino: Mecanismos de ensino da musicalização infantil

Fonte | Assessoria

Powered by Rock Convert
(Visited 1 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *